Prefeitura de Fortaleza entrega Pólo Gastronômico acessível

Foto: Divulgação Prefeitura Municipal de Fortaleza 
Coluna Fácil: Mário Pinho
#PraCegoVer: imagem da rua do Pólo Gastronômico da Varjota. Nela aparecem pisos elevados com rampas para cadeirantes, faixas de pedestres, um restaurante e toda a pavimentação reformulada.

Em obras desde abril de 2019, o Polo Gastronômico da Varjota será entregue nesta quarta-feira, 26. Haverá uma cerimonia às 18 horas, com a presença do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio. Antes da pandemia, o projeto deveria ter sido entregue maio. A intervenção teve objetivo principal de requalificar a área e incentivar o trânsito a pé. A região conta com 1,5 km de vias urbanizadas, entre as ruas Ana Bilhar e Frederico Borges.

As ruas receberam nova pavimentação com blocos em concreto, ciclofaixa, novas calçadas acessíveis com piso tátil e rampas. A iluminação foi mudada e passagens elevadas nos cruzamentos foram instaladas. Segundo o plano, as mudanças devem priorizar o pedestre e estimular os frequentadores locais a praticar a caminhada como forma de deslocamento.

A implantação de mobiliário urbano como bancos, lixeiras, paraciclos e jarros também foi uma das propostas. O POVO esteve no local na manhã desta quarta-feira, 26, e constatou que ainda estavam sendo feitos reparos finais.

Com rampas para cadeirantes e piso tátil para cegos, a Prefeitura de Fortaleza entrega hoje, dia 26 de agosto, o Pólo Gastronômico da Varjota. O espaço, que corresponde às ruas Ana Bilhar e Frederico Borges, foi pensada também para os praticantes de atividades físicas (caminhada e bicicleta).

Além do mobiliário urbano, foi construída uma nova galeria de drenagem, instalada nas ruas Castro Monte e Tavares Coutinho, que irá auxiliar no escoamento da água da chuva em todo o quadrilátero da Varjota.

No novo polo, mais 110 estabelecimentos da região serão beneficiados. Ao todo foram investidos de R$ 13 milhões.


O pólo terá 1,5 km de extensão e foi completamente pavimentado, com planejamento de urbanização, ciclofaixas e as calçadas acessíveis.
Compartilhe on Google Plus

Postado por MARIO PINHO

0 Comments:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia