Parceria do Governo, Senac e sociedade civil distribui 2 mil quentinhas por dia


Inicialmente, projeto irá distribuir quentinhas em Recife, Olinda e Jaboatão.
(Foto: Bruna Costa/Esp. DP.)


A notícia é quentinha...

Parceria entre o Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas, Senac e coletivo Unificados pela População em Situação de Rua vai oferecer 2 mil refeições por dia. A parceria começa nesta segunda-feira (dia 4) e vai atender, de domingo a domingo, à população em vulnerabilidade social, com refeições diárias (1 mil almoços e 1 mil jantares) entregues para distribuição.

O Governo do Estado é o grande coordenador desta ação, ao lado do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) para essa parceria. O Senac prepara 1,5 toneladas de alimentos e a Secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas faz a distribuição diária das refeições e a pactuação junto aos coletivos que trabalham com as populações vulneráveis.

O secretário de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas, Cloves Benevides, classifica esta ação como parte das atenções com foco nas pessoas que mais precisam de cuidados, em especial, em um momento de isolamento social, provocado pela pandemia. “As refeições diárias são importantes para a manutenção de pessoas que precisam ser atendidas, ação que vem sendo desenvolvida pelo Pernambuco Solidário”.

O presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac Pernambuco, Bernardo Peixoto, valoriza a ação. “Acima de qualquer papel institucional, nos sentimos gratificados de podermos cumprir nossa missão e dar nossa contribuição, a outras pessoas que necessitam de ainda mais apoio neste momento de dificuldade”, afirma Bernardo Peixoto.

O presidente da ONG Samaritanos, Rafael Araújo, um dos coordenadores do coletivo Unificados, considera que essa parceria é um importante avanço na relação entre o Poder Público e a Sociedade Civil. “Estamos nos articulando melhor nesses tempos de pandemia para atender os mais vulneráveis”, disse Rafael.

SOLIDARIEDADE – A oferta de duas refeições quentes por dia se soma a outras medidas já em curso e também voltadas às populações vulneráveis. Desde o fim de março, o Ponto de Cuidado do Recife, no Armazém 14, é o endereço para informações, lavatórios, chuveiros, entregas de kits de higiene e de alimentação. Há Pontos de Cuidado no Recife, Paulista e, nos próximos dias, em Olinda e em Jaboatão dos Guararapes.

Os Pontos de Cuidado são outra construção que une a solidariedade social em um arranjo diferente, mas que, da mesma forma, têm contribuição do Estado, iniciativa privada e voluntariado civil, organizado em coletivos. Vale repetir uma frase que o secretário Cloves Benevides utiliza: “A pessoa deve ficar em casa e a solidariedade deve ocupar às ruas”.
Compartilhe on Google Plus

Postado por MARIO

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia