Ator Flavio Migliaccio deixa carta após suicídio




O ator Flavio Migliaccio cometeu suicídio e deixou uma carta à família em que diz que a humanidade “não deu certo”. Ele foi encontrado morto em seu sítio na cidade de Rio Bonito (RJ). As informações foram divulgadas pela polícia e publicadas pela revista Fórum.

“Me desculpem, mas não deu mais. A velhice neste país é o CAOS, como tudo aqui. A humanidade não deu certo. A impressão que foram 85 anos jogados fora num país como este e com esse tipo de gente que acabei encontrando. Cuidem das crianças de hoje”, disse na carta.

O último trabalho do artista na TV foi em 2019, em ‘Órfãos da Terra’, onde ele fazia o Mamede Aud. Muito conceituado no meio artístico, ao longo de sua carreira Fávio teve grandes destaque nas novelas da Rede Globo como ‘Rainha da Sucata’, ‘Perigosas Peruas’, ‘A Próxima Vítima’, ‘Senhora do Destino’ e ‘Passione’, entre muitas outros projetos.

Flávio Gomes Migliaccio (São Paulo, 26 de agosto de 1934 — Rio Bonito, 4 de maio de 2020) foi um ator, produtor, diretor e roteirista brasileiro. Tornou-se conhecido pelos personagens "Tio Maneco" dos filmes Aventuras com Tio Maneco e Maneco, O Super Tio, e "Xerife" da novela O Primeiro Amor e do seriado infantil Shazan, Xerife & Cia.
Compartilhe on Google Plus

Postado por MARIO

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia