Governo anuncia medidas para ‘salvar’ companhias aéreas


Medida Provisória dará mais tempo para que as empresas reembolsem passageiros que não puderam embarcar devido ao coronavírus

O governo federal anunciou nesta quarta-feira (18) que vai assinar uma MP (Medida Provisória) para ajudar as empresas aéreas em meio à redução da demanda por voos causada pelo avanço do coronavírus.

De acordo com o ministro de Infraestrutura, Tarciso Gomes de Freitas, a proposta visa proporcionar liquidez, fluxo de caixa e garantir que as companhias continuem operando. 

“Queremos dar liquidez e preservar as empresas voando para permitir o enfrentamento dessa crise”.

Entre os assuntos abordados na medida provisória, Freitas cita mais tempo para que as companhias devolvam o dinheiro dos passageiros que não puderam embarcar devido ao coronavírus, afirma o Ministro.

“Estamos falando de um prazo maior para reembolso neste momento difícil, como forma de preservar o caixa das empresas”

Outro termo presente no MP trata da postergação das outorgas dos aeroportos concedidos. Freitas destaca ainda que as linhas de crédito dos bancos público vão dar um suporte às companhias do setor.
Compartilhe on Google Plus

Postado por MARIO

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia