Romaria Fluvial do Círio de Nazaré é uma das maiores do Brasil


  Navio Garnier Sampaio da Marinha do Brasil, conduz a imagem de Nossa Senhora de Nazaré (Foto: Rogério Almeida)


Na programação do Círio de Nazaré, uma das maiores manifestações religiosas do mundo, em Belém do Pará um dos destaques é a romaria fluvial.

               Romaria Fluvial (Foto: Rogério Almeida)




Tudo se inicia no sábado, 12 de outubro, quando após a Missa na Igreja Matriz de Nossa Senhora das Graças, em Ananindeua, região metropolitana de Belém do Pará, é realizada a primeira Romaria Rodoviária com a Imagem Peregrina da Virgem de Nazaré, sendo conduzida até o Trapiche de Icoaraci.

       Biblioteca Municipal Avertano Rocha de Icoaraci 
(Foto: Rogério Almeida)




Icoaraci, é um dos oito distritos de Belém e fica a 20 km da capital paraense, e está numa luta política para se emancipar e virar município.



     Prefeito de Belém do Pará, Zenaldo Coutinho
(Foto: Divulgação)

O Prefeito  de Belém Zenaldo Coutinho conduziu a Imagem da Virgem, que depois seguiu para Icoaraci.

Imagem de Nossa Senhora é conduzida para o Navio Garnier Sampaio no Trapiche de Icoaraci (Foto: Divulgação)


Uma multidão se concentra no Trapiche, onde é celebrada uma Missa. Em seguida se inicia o Círio Fluvial. A Imagem da Virgem Peregrina é colocada num navio da Marinha e se prepara para percorrer um percurso de 10 milhas náuticas, equivalente a 18 quilômetros (o segundo maior das 12 procissões do Círio de Nazaré) até a Estação das Docas, no Centro de Belém.

                 Romeiros de Pirabas (Foto: Rogério Almeida)



Um grupo de ciclistas, os Romeiros de Pirabas, desde cedo já estavam no Trapiche de Icoaraci, esperando a Imagem da Santa. Depois que o circuito fluvial se inicia eles se preparam para de bicicleta fazer o caminho até a Estação das Docas, em Belém,  para celebrar a chegada dos barcos com a Imagem de Nossa Senhora de Nazaré.


                   Romeiros de Pirabas (Foto: Rogério Almeida)


Seu João Batista e sua bicicleta com a Imagem da Virgem de Nazaré  (Foto: Rogério Almeida)

 Foto: Rogério Almeida



Os paraenses tem o Círio de Nazaré como uma demonstração de fé mais forte do que o Natal. Tanto que eles desejam uns aos outros, um "Feliz Círio". No lugar da ceia eles realizam o almoço do Círio, com o prato principal, o pato no tucupi(sumo da mandioca), temperado com jambo, pimenta de cheiro e maniçoba.


                      Feliz Círio (Foto: Rogério Almeida)

São 11 procissões, e a de hoje a da trasladação da Imagem de Nossa Senhora de Nazaré contou com 1 milhão e 400 mil pessoas.


     Julie  Rocha e Fernando Nobre e seus familiares e convidados prontos esperando a Romaria em Icoaraci (Foto: Rogério Almeida)


Julie Rocha da Abrajet Pará, aproveita a Romaria Fluvial para apresentar as atrações de Icoaraci.  Destaque para a Praça e Igreja de São Sebastião, a Feira de Artesanato de Paracuri  e a orla de Icoaraci. 

            Feira de Artesanato de Paracuri (Foto: Rogério Almeida)

        Arquitetura de Icoaraci (Foto: Rogério Almeida)

    Jornalistas Christina Haine (presidente da Abrajet Pará), Rogério Almeida (PB), Julie Rocha (PA) e Gutemberg Bogéa (MA)



Compartilhe on Google Plus

Postado por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia