A Cidade da Criança em Fortaleza é uma criança abandonada



A Cidade da Criança, um dos locais mais bonitos de Fortaleza, com mais de um centenário de existência, passou por várias administrações, reformas e momentos de encantamento, mas mergulhou no fundo do poço. O logradouro, que já abrigou escola infantil e órgãos da administração municipal, está “caindo aos pedaços” e abrigando assaltantes, usuários de drogas e, pasmem, até um caso de estupro aconteceu recentemente nas instalações destruídas.

Triste sorte de um espaço bonito, arborizado, com lago, coreto e até uma ilha do amor que o torna aparentemente romântico. A área é de 27.671,10 metros quadrados, localizada entre as ruas Solon Pinheiro, Pedro Pereira, Pedro I e Visconde do Rio Branco.

A insegurança e o abandono da Cidade da Criança persistem ao longo dos anos, mas agora tornaram o local cenário de terror. Não tem como curtir a bela paisagem, no centro da cidade, ao lado da Igreja do Coração de Jesus, que teve sua frente fechada por causa dos marginais e está encravada numa praça transformada em terminal de ônibus e ocupada pelo comércio ambulante.

O passado do belo espaço paisagístico registra fatos históricos, como a denominação de Parque da Liberdade, Parque da Independência e Cidade da Criança, nome dado em 1936, quando passou a ser um conjunto educacional dedicado à infância. Placas e estátuas contam um pouco da história de uma área que precisa ser resgatada, ocupada com feirinhas e atividades culturais e devolvida ao público para lazer e contemplação.

por Edgony Bezerra
Compartilhe on Google Plus

Postado por MARIO

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia