Na primeira visita ao Recife depois de eleito, Bolsonaro anuncia R$2,1 bilhões para o Nordeste



Presidente visita o Museu Castelo São João do Instituto Ricardo Brennad
Foto: Marcos Corrêa (PR)


Na sua primeira viagem ao Nordeste após ser eleito, o presidente Jair Bolsonaro participou, ontem (23) no Instituto Ricarddo Brennand, no Recife, de uma reunião do Conselho Deliberativo da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE).

O encontro que teve como objetivo discutir o Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), reuniu dez governadores dos estados nordestinos, além do Governador de Minas Gerais, bem como os ministros de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, e de Ciência e Tecnologia, o astronauta Marcos Pontes.

Antes da reunião, Bolsonaro assistiu a uma apresentação da Orquestra Criança Cidadã na Pinacoteca do Instituto Ricardo Brennand e fez uma visita ao Museu Castelo São João (com 3 mil exemplares de armas brancas da coleção particular de Ricardo Brennand).


         
      Reunião prévia dos governadores no Palácio do Campo das Princesas no Recife (Foto:Secom/PB)

Antes do encontro com o presidente, os governadores participaram de uma reunião preparatória no Palácio Campo das Princesas, com o governador Paulo Câmara.

O Governador da PB, João Azevedo defendeu o fortalecimento da Sudene e a ampliação de investimentos na infraestrutura da Região, como a requalificação da malha ferroviária que liga todas as capitais, principalmente a partir de Amarantes, no Rio Grande do Norte, ligando Natal, João Pessoa, Recife, Maceió, Aracaju e Salvador e a ampliação do Nordestão, um gasoduto da Petrobras que distribui gás para todos os estados do Nordeste.

Para evitar contato com a imprensa, a população local e os protestos, o avião da presidência da República pousou na base aérea, próximo ao Aeroporto Internacional dos Guararapes- Gilberto Freyre e de lá o presidente tomou um helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB) para chegar ao Instituto Brennand.

       Reunião da Sudene   Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press


Na reunião Bolsonaro pediu apoio aos governadores do nordeste para a aprovação da reforma da previdência e se comprometeu com um acréscimo de R$ 4 bilhões para o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, parte deste valor será destinado para obras de infraestrutura.

O presidente também confirmou que em breve vai sancionar nos próximos dias, a lei da franquia da bagagem das viagens aéreas no Brasil.

Estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPBE) realizaram protestos diante do local da reunião do presidente com os governadores, com carro de som, leitura de carta aberta e até queima de um caixão.

Depois do Recife, o presidente viajou até Petrolina (PE), onde irá entregar imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida do Residencial Morada Nova, composto por 472 unidades habitacionais, e assinar ordem de serviços para a duplicação da BR 428. Na comitiva de 15 pessoas, a presença do recém nomeado presidente da Embratur, o pernambucano Gilson Machado Guimarães Neto.
Compartilhe on Google Plus

Postado por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia