Costa do Marfim participa pela primeira vez como expositor do FESTURIS Gramado- Feira Internacional de Turismo


 diretor do FESTURIS Eduardo Zorzanello e comitiva da Costa do Marfim liderada pelo diretor da embaixada da Costa do Marfim no BrasilKouassi Jean Jacques e seu secretário, Siaka Ouattara (Foto: divulgação)

A República da Costa do Marfim, país localizado no norte da Africa e cuja capital é Yamoussoukro, estará participando pela primeira vez como expositor da 30ª  edição do FESTURIS Gramado- Feira Internacional de Turismo, que se realizará de 08 a 11 de novembro próximos na Serra Gaúcha.    
O diretor da embaixada da Costa do Marfim no BrasilKouassi Jean Jacques e seu secretário, Siaka Ouattara estiveram em Gramado (RS) ,com o diretor do FESTURIS Eduardo Zorzanello, e confirmaram participação do país com estande. 
Após a reunião, a comitiva se encontrou com o secretário de Turismo de Gramado, José Carlos Ramos de Almeida e a secretária adjunta de Turismo, Rosângela Potter.

                                     Costa do Marfim (Foto: divulgação)
Com mais de 60 grupos étnicos distintos, a Costa do Marfim é um país rico em cultura e turismo e possui uma das maiores economias da África.  No início foi um importante centro do comércio de marfim, que deu nome ao país,e atualmente a economia é baseada na agricultura, com destaque para os cultivos de abacaxi, banana, café e sendo hoje, o maior produtor mundial de cacau do mundo.
A Costa do Marfim possui duas capitais: Abidjan (sede do governo) e Yamoussoukro (administrativa). 
A primeira cidade tem a maior concentração populacional da Costa do Marfim, já a Yamoussoukro é conhecida por sua moderna arquitetura. A St. Paul's Cathedral é uma catedral católica romana localizada na cidade de Abidjan, projetada pelo arquiteto Aldo Spirito, serve como igreja matriz da Arquidiocese Católica Romana e é um dos pontos turísticos mais visitados.
O presidente se chama Alassane Ouattara e o idioma oficial é o francês.

Compartilhe on Google Plus

Postado por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia