Paulo Câmara participa de debate em rádio, e fala sobre as ações realizadas em seu governo

(Foto: NE10 - Divulgação)

Durante quase duas horas de diálogo com os adversários, no primeiro debate dos veículos de comunicação promovido pela Rádio Jornal, nesta terça-feira (28),  o governador Paulo Câmara (PSB), falou sobre o que foi feito nos últimos três anos, que fez Pernambuco ser considerado o Estado mais eficiente do Nordeste, Norte e Centro-Oeste do país.

No primeiro bloco, Câmara destacou as iniciativas realizadas na gestão do PSB na área de Saúde, como a construção da UPAE do Arruda, de Abreu e Lima, de Ouricuri, além do Hospital São Sebastião, em Caruaru. O Hospital da Mulher do Recife, feito em parceria com a gestão municipal e o Geral do Sertão, que já está em andamento, também foram citados. “Pernambuco, há 10 anos, tinha apenas 3.500 leitos, hoje temos 11 mil leitos. Pernambuco tinha 200 leitos de UTI, hoje temos mais de 1.100. Tivemos a capacidade de multiplicar procedimentos que não existiam nos últimos dez anos. E fomos muito eficientes. Fizemos mais consultas, exames e cirurgias. Pernambuco tem a menor taxa de mortalidade infantil de toda sua história. Estamos fazendo mais com menos, fizemos a maior contratação pública da Saúde e vamos continuar a investir na ampliação dos serviços”, garantiu.

Paulo ainda fez uma intervenção sobre a Educação de Pernambuco, destacando que o modelo executado no Estado deve servir de exemplo para que os municípios também possam garantir melhores resultados nesta área. “Pernambuco saiu das últimas colocações e hoje é referência. Temos a menor taxa de abandono escolar. Hoje, a cada 100 alunos, só um aluno não termina. Temos a menor diferença entre ensino público e o privado. 

Falando sobre saúde, ele destacou que o Hospital da Mulher de Petrolina continua em seus planos para melhorar a Saúde do povo sertanejo. “Estamos priorizando a construção do Hospital Geral do Sertão, porque ele é fundamental para diminuir as distâncias e nós vamos priorizar, agora no segundo mandato, o Hospital da Mulher de Petrolina”, cravou.

Na última etapa do debate, o socialista comentou o impacto da crise na gestão em Pernambuco, frisando tudo o que foi feito diante de um período em que o País ficou paralisado. “Enfrentamos a maior crise da história, que foi agravada por Temer, e Pernambuco teve que priorizar o que era importante diante da queda de recursos, mas priorizamos e fizemos muita coisa que não estava no programa, principalmente na questão da água. Fizemos mais com menos, porque somos eficientes”, finalizou.

Ao final do encontro, o gestor avaliou a chance de apresentar propostas para a população pernambucana. “O debate da Rádio Jornal foi uma boa oportunidade para discutir as ações que realizamos e o futuro do nosso Estado. Destacamos a nossa prioridade em investir naquilo que é mais importante, como na questão do abastecimento de água, investimos mais de R$ 1,5 bilhão; na Educação, conquistamos a melhor Educação Pública do País; na Saúde, com o nosso trabalho incansável de melhorar o atendimento; e na Segurança, que tem apresentado reduções importantes em todos os tipos de crime há oito meses; além de reforçar as políticas que iniciamos, avançando em projetos que ajudam a melhorar a qualidade de vida dos pernambucanos", avaliou Paulo Câmara.

Com informações pela Assessoria de Imprensa
Compartilhe on Google Plus

Postado por Jefferson Victor

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia