Quadrilhas juninas e comida de terreiro no Sítio Trindade


A partir das 18h de hoje (20), tem festa para ver e degustar no maior arraial junino da cidade, com a 12ª edição da tradicional Exposição da Culinária Afro-Brasileira e a sexta eliminatória do 34º Concurso de Quadrilhas Juninas Adultas, promovido pela Prefeitura do Recife

Hoje (20) é dia de balancê e de banquete no Sítio Trindade. Entre as 18h e as 22h, a 12ª edição da tradicional Exposição da Culinária Afro-Brasileira servirá iguarias preparadas nos terreiros de candomblé, para reverenciar os orixás, numa saborosa celebração ao sincretismo religioso, à liberdade de credo e à cultura de matriz africana, numa iniciativa do Terreiro Ilé Àse Egbé Awo, sob responsabilidade de Mãe Elza de Iemanjá, com apoio da Prefeitura do Recife.

A partir das 20h, o Palhoção das Quadrilhas recebe mais cinco concorrentes, no sexto dia de eliminatórias do 34º Concurso de Quadrilhas Juninas Adultas, promovido pela Secretaria de Cultura e Fundação de Cultura Cidade do Recife: as quadrilhas Junina Matutinho, Flor da Sulanca, Junina Traquejo, Beija Flor e Dona Matuta.

Com o tema “A Festa do Homem da Meia Noite, na Noite de São João”, a Junina Matutinho, de Goiana, abre a noite de apresentações misturando forró e frevo e fazendo boneco gigante virar matuto. Segunda quadrilha da noite, a Flor da Sulanca levará para o Palhoção o tema “Babado, Fuxico e Forró”, que lembrando o velho hábito humano de dedicar-se à vida alheia.

Natural de Gravatá, a Junina Traquejo fará uma homenagem aos artesãos pernambucanos fazedores de brinquedos populares com o tema “De Pau e Pano”. A Beija Flor celebra o São João, festa da colheita, que se traduz em fartura e alegria, com o tema “De Cabo a Rabo”.

A noite encerra com a apresentação da Junina Dona Matuta, do bairro de San Martim, que fará um passeio pela Feira de Caruraru , com o tema “De Tudo que Há no Mundo.”

Quinta eliminatória – Na noite de ontem, três quadrilhas se apresentaram no Palhoção: a Junina Quentão, Junina Mandacaru e Bacamarte. Vizinha do Sítio Trindade, Josiane Pereira fez questão de ir conferir o concurso. “Adoro quadrilha. Gosto tanto, que não consigo nem escolher uma só. Torço por todas.”

A família de Roberta Carvalho, “ex-quadrilheira e para sempre entusiasta”, é outra que bate ponto na arquibancada do Palhoção. “Meus filhos ficam me endoidando para vir. Todo ano a gente vem. Debaixo de chuva, do jeito que for”, disse a mãe dos animados Danilo Arthur e Maria Eduarda, 8 e 10 anos.

Mais entusiasmados que eles, só a cake designer Genilda das Neves, 55 anos. Recifense radicada em São Paulo há 41 anos, ela estava morrendo de saudade do São João de sua terra. “Precisei vir ao Recife resolver umas questões e dei de cara com os festejos no Sítio Trindade. Já vi tanta quadrilha. Estou maravilhada. É um espetáculo belíssimo. Totalmente diferente do que eu entendia por quadrilha”, disse Genilda, toda paramentada de matuta, com vestido rodado de chita e flor no cabelo.

Amanhã – Da quinta-feira (21) em diante, o Sítio Trindade será todo festa em devoção aos santos juninos, com o início da programação nos palcos. Entre as atrações da noite estão Quinteto Violado, Genival Lacerda, Josildo Sá e Petrúcio Amorim, que sobem ao palco, nesta ordem, a partir das 19h. Na Sala de Reboco, o arrasta-pé começa mais cedo, às 18h, e será comandado por Cirlene Menezes e Baião de Dois, Trio Harmonia e Edmilson do Pífano, entre outros.



34º CONCURSO DE QUADRILHAS JUNINAS ADULTAS 

Dia 20/06
20h - Junina Matutinho
20h45 - Flor da Sulanca
21h30 - Junina Traquejo
22h15 - Beija Flor
23h - Dona Matuta

Dia 21/06
20h - Junina Cariri
20h45 - Mistura de Cor
21h30 - Junina Forró Fiá 
22h15 - Vai Vai na Roça              
23h - Cambalacho

Dia 22/06
20h - Junina Xotear
20h45 - Estrela Matuta
21h30 - Chá de Zabumba
22h15 - Magia Matuta
23h - Junina Raízes
23h45 - Junina Zabumba
Compartilhe on Google Plus

Escrito por silvioromerojornalista

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia