Pernambucano Lula Queiroga estreia o álbum novo no Rio de Janeiro



Lula Queiroga estreia o álbum "Aumenta o Sonho" no Rio de Janeiro

O cantor e compositor Lula Queiroga, estará no dia nove de maio, quarta-feira, no Teatro Ipanema, Rio de Janeiro, fazendo show de lançamento do álbum "Aumenta o Sonho". 



Este show no Teatro Ipanema é cheio de simbolismo para  Lula Queiroga. Foi no Teatro Ipanema que pela primeira vez o músico pernambucano lançou um disco, o Baque Solto, com Lenine. Foram muitas semanas, sempre sexta, meia noite, com lotação esgotada e shows memoráveis.


Ingressos R$ 50,00 (inteira) - R$ 25,00 (meia)


No dicionário, o sonho é a reunião das imagens, ideias, pensamentos ou fantasias que, geralmente confusas e sem nexo, se apresentam à mente no decorrer do sono. Nos novos show e álbum de Lula Queiroga, AUMENTA O SONHO, é ele, o sonho, que nos guia por uma viagem vertiginosa pelos desejos, amores, humores e desesperança. Tendo como ponto de partida as canções do sétimo trabalho da carreira de Lula, o espetáculo navega na grande capacidade de Lula de descrever paisagens, roteirizar situações e guiar o ouvinte para os seus caminhos. E ninguém melhor que ele para encarar e cantar de peito aberto todo o descontrole deste universo onírico. Inicialmente pensado para ser solar e otimista, trazendo a superação pelo sonho, o trabalho também se mostra por vezes sombrio, cheio de camadas e timbres únicos. É na dualidade desse caminho meio turvo que Lula nos convida a mergulhar em um mundo sonhado faixa a faixa.

O show amplia esse mergulho, aproveitando a intensidade que Lula, enquanto grande showman que é, apresenta. Trazendo para o palco quase toda a banda que participou da gravação do álbum - Rogério Samico na guitarra, Lucky Luciano no baixo, Peu Oliveira na bateria e percussão, Jean Pierre nos teclados e QRG (Guilherme Queiroga) nos efeitos e programação – Lula busca reviver a sensação de proximidade, de volta para a casa que está no DNA do registro.

A escolha de trabalhar com poucos parceiros fez o resultado do álbum soar mais íntimo, quase como uma conversa entre amigos. A apresentação segue a mesma identidade, porém sem abrir mão da potência que todas as performances ao vivo de Lula trazem. A proximidade entre os produtores resultou em uma experiência sonora interessante, com diversas camadas de efeitos bem dosados que conduzem o ouvinte pela viagem ao sonho proposta. Com composições maduras e uma base sonora forte e coesa, “Aumenta o Sonho” pode ser considerado um dos mais completos trabalhos de Lula Queiroga. Um convite para sair de onde estamos ou quem sabe mergulhar em nós mesmos.

A TRAJETÓRIA DE LULA

Lula Queiroga é um dos mais produtivos, gravados e premiados artistas pernambucanos. Lançou sete álbuns, sendo o primeiro deles Baque Solto, de 1983, em parceria com Lenine. É ganhador de prêmios importantes da música nacional, entre eles o Prêmio Sharp (melhor música), APCA, (melhor compositor popular), Prêmio GloboNews (disco do ano), Prêmio UNESCO de Fomento das Artes. Já teve um álbum - Azul Invisível, Vermelho Cruel - incluído na lista dos 10 melhores discos do mundo, da revista suíça Vibration. Suas canções foram gravadas por grandes artistas como Lenine, Zélia Duncan, Ney Matogrosso, Pedro Luís e a Parede, Ana Carolina, O Rappa, Roberta Sá, Elba Ramalho, Milton "Bituca" Nascimento, Zizi Possi, Teresa Cristina, Mart'nália, Luiza Possi, dentre outros. É ainda autor de trilhas sonoras para filmes de ficção e documentários. E Lula não para. Tem música em trilha de novelas e mantém um ritmo de produção e participação cultural constante, em Pernambuco e por todo Brasil.

DISCOGRAFIA

1983 - Baque Solto (com Lenine)- Philips
1984 - Presença - Polygram
2001 - Aboiando a vaca mecânica - Luni/Trama
2004 - Azul invisível, vermelho cruel - Luni
2009 - Tem juízo mas não usa - Luni
2011 - Todo dia é o fim do mundo – Luni
2017 – Aumenta o Sonho - Luni







Compartilhe on Google Plus

Postado por Roberta Monteiro

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia