Acidentes graves em rodovias federais caem 7,5% em 2017

Foto: Fernando Resos (AG)
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou no ano passado 89.318 acidentes graves em estradas federais, que provocaram a morte de 6.244 pessoas, segundo balanço divulgado nesta sexta-feira (19).

O número de acidentes graves é 7,5% menor que o verificado em 2016, mas as mortes caíram apenas 2,7%. Outras 83.978 pessoas ficaram feridas, contra 87.006 em 2016. 
 A redução dos números de violência no trânsito caíram mesmo com um aumento de cerca de 11% da frota circulante, para um total de 96,7 milhões de veículos, afirmou a PRF. 

De acordo com o verificado por policiais no local dos acidentes, a falta de atenção dos motoristas foi a causa provável de 34 mil feridos e de 1.844 mortes, ou quase 30% do total de vidas perdidas. 

A velocidade acima do permitido foi a segunda maior causa, com 1.007 mortes e 9,6 mil feridos. Minas Gerais viu o maior número de acidentes (14.398) e de mortos em suas estradas: 834 pessoas. Paraná (11.065) e Santa Catarina (10.628) também registraram níveis altos. 

Segundo a PRF, estes estados possuem malha viária grande e um fluxo maior de veículos.
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Equipe Redação

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia