30 anos da Librairie Portugaise & Brésilienne são comemorados em Paris




A  Librairie Portugaise & Brésilienne (FOTO), sob  a direção de Michel Chandeigne,   lança e distribui livros de autores brasileiros e portugueses e está localizada no coração do Quartier Latin, em Paris,  está comemorando 30 anos de fundação.


Para marcar a data foi realizado um coquetel reunindo escritores brasileiros residentes na França e convidados franceses interessados na língua portuguesa.


        Pesquisadora Jenete Fernandes e Madame Corinne, assistente de Michel Chandeigne, da Librairie Portugaise & Brésilienne


 Da Paraíba compareceram a pesquisadora, Jenete Fernandes, que é membro do conselho diretor da Organização Não Governamental Aliança Bayeux Franco Brasileira, sediada na cidade de Bayuex (PB) e seu filho, o universitário  José Raimundo Fernandes. 


       

                            Jenete Fernandes e o universitário  José Raimundo Fernandes


 A Librairie Portugaise & Brésilienne é  a única livraria especializada em autores de língua portuguesa em Paris e  este ano já lançou o livro do escritor paraibano  José Lins do Rego, " Fogo Morto", que aqui se chama "Crepuscule" , bem como do escritor  Manuel Antonio de  Macedo,   "Memórias de Um Sargento de Milicias".


Na ocasião  também foram comemorados os 25 anos das edições Chandeigne,  fundada por Michel Chandeigne, em 1986, e responsável pela publicação das obras dos autores brasileiros e portugueses e que é o diretor da Librairie Portugaise & Brésilienne.

    Escritoras Mazé Torquato e Ana Maria Clark, ladeando a pesquisadora Jenete Fernandes. 


Recepcionando à todos no coquetel a diretora da livaria, Mme Corinne e presenças também das brasileiras Mazé Torquato Chotil, autora de "Trabalhadores Exilados" e Ana Maria Clark Peres,  autora de "Chico Buarque, recortes e passagens". 


Mazé Torquato reside na França  e estará em João Pessoa em outubro  participando do encontro de mulheres escritoras.



Compartilhe on Google Plus

Escrito por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia