Fortaleza registrou cerca de 100 mil desembarques internacionais entre janeiro e novembro do ano passado

Imagem relacionada

De acordo com o Minstério do Turismo, 2016 foi ano recorde na entrada de estrangeiros no País

Fortaleza registrou cerca de 100 mil desembarques internacionais, via Aeroporto Internacional Pinto Martins, entre os meses de janeiro a novembro de 2016. Os dados apresentados pela Infraero confirmam os números apurados pelo Ministério do Turismo (MTur), que revelam que o ano passado foi recorde na entrada de visitantes internacionais no Brasil.

De acordo com o MTur, o país recebeu 6,6 milhões de turistas internacionais, um incremento de US$ 6,2 bilhões na economia brasileira, o equivalente a mais de R$ 21 bilhões. O montante é 6,2% maior que os US$ 5,84 bilhões gastos em 2015.

Em todo o Estado do Ceará, a estimativa do impacto financeiro deixado pelos turistas estrangeiros, no período de janeiro a novembro, foi de R$ 302 milhões, levando-se em conta o gasto per capita do turista internacional de R$ 3.023,58.

Para o secretário municipal de Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira, que acaba de assumir a gestão, um dos objetivos à frente do órgão é dar continuidade à promoção internacional. “A Prefeitura, junto ao Governo do Estado, já vem realizando ações de workshops e road shows por vários países, principalmente por lugares que operam com voos diretos para a capital. Já está em nosso cronograma participar de feiras e eventos lá fora, prospectando mais estrangeiros. A taxa cambial também nos favorece. Com mais turistas, mais renda e emprego em Fortaleza”, esclarece Alexandre Pereira.

Atualmente, a capital opera voos para Caiena (Guiana Francesa), Bogotá (Colômbia), Buenos Aires (Argentina), Miami (Estados Unidos), Praia (Cabo Verde), Lisboa (Portugal), Milão (Itália) e Frankfurt (Alemanha).

Maiores emissores

A vizinha Argentina continua no topo da lista de países que mais enviam turistas para o Brasil, seguida dos Estados Unidos. Mais de 2,1 milhões de argentinos e 600 mil norte-americanos entraram no país de janeiro a dezembro. A lista dos principais países emissores é completada por Chile, Paraguai, Uruguai, França, Alemanha, Itália, Inglaterra, Portugal e Espanha.

A metade dos visitantes internacionais que desembarcam no Brasil tem o lazer como o principal motivo da viagem, ficam em hotéis, flats ou pousadas e viajam em família ou de casal. Quatro em cada dez turistas estrangeiros têm a internet como principal fonte de informação. Os amigos e parentes são os principais influenciadores para cerca de 30% dos entrevistados. Os números são baseados nos dados do Banco Central, Polícia Federal e Demanda Turística Internacional, do Ministério do Turismo.
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia