TAP e Rio Grande do Norte promovem Natal na Europa


A TAP e o Rio Grande do Norte assinaram hoje, em Natal, um acordo para a promoção turística do Estado nos principais mercados da Europa, com o objetivo de aumentar a captação de turistas europeus. O governador Robinson Faria, o secretário de Turismo, Ruy Gaspar, e a companhia aérea portuguesa, representada pelo vice-presidente Abílio Martins e pelo diretor geral da TAP para o Brasil, Mário Carvalho, firmaram a parceria, que prevê um investimento do Estado do Rio Grande do Norte para promover os destinos turísticos de Natal.

Os meios envolvidos têm um amplo alcance nos mercados europeus e incluem os canais de comunicação online da TAP, nomeadamente os websites da companhia, as suas redes sociais e as newsletters endereçadas aos diversos segmentos de clientes, com um alcance de milhões de potenciais turistas europeus. Também serão utilizados os encostos de cabeça nos assentos dos aviões da TAP como suporte promocional.

Adicionalmente, o Rio Grande do Norte vai ser capa da revista de bordo da TAP, UP Magazine, premiada internacionalmente, e os passageiros da TAP vão assistir a filmes promocionais do Rio Grande do Norte nos sistemas de entretenimento a bordo. A TAP transporta mais de 11 milhões de passageiros por ano.

“A TAP está sempre à disposição para cooperar ativamente e impulsionar a presença de turistas europeus no Brasil, a companhia está presente há mais de 15 anos ininterruptos ligando Natal ao Continente Europeu. Sempre com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento socioeconômico da região ”,disse Abílio Martins, vice-presidente da TAP.

“A companhia trabalha intensamente junto ao trade europeu para vender a diversidade do Brasil e suas belezas naturais em todos os destinos europeus que operamos. Hoje estamos presentes em mais de 45 cidades em toda a Europa”, completa Mario Carvalho, diretor geral da TAP para o Brasil.

por Edgony Bezerra
http://www.edgonyonline.com.br/
Compartilhe on Google Plus

Postado por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia