Paixão de Cristo de Nova Jerusalém 2020 é adiada para 2021


Pela primeira vez em 53 anos, não será mais realizada este ano, a encenação da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém em Pernambuco. 

Previsto para acontecer entre, 4 a 11 de abril, o evento foi adiado para 2 a 7 de setembro deste ano, mas a Sociedade Teatral de Fazenda Nova confirmou o cancelamento definitivo  e não mais será realizado este ano, devido  a pandemia do coronavírus.

Em 2021, o evento deverá ser realizado, entre 27 de março a 3 de abril, durante a Semana Santa.

Os atores e atrizes  que estavam programados para este ano, como Caco Ciocler, no papel de Jesus; Edson Celulari, como Herodes; Christine Fernandes, interpretando Maria; Sérgio Marone, como Pilatos; e Juliana Knust, vivendo a personagem Madalena, foram convidados para comporem o elenco do próximo ano.

Também será convidada a influenciadora digital Thaynara OG, que ia fazer o papel da Rainha Herodíades. 

A direção artística do espetáculo será novamente de Carlos Reis e Lúcio Lombardi e a coordenação geral de Robinson Pacheco, filho de Plínio e Diva Pacheco, idealizadores e construtores da cidade teatro de Nova Jerusalém.

A Sociedade Teatral de Fazenda Nova informou que os ingressos comprados para a temporada deste ano, continuarão válidos para 2021. Não foi informado se haverá reembolso. Maiores informações pelo fone (81) 3732-1129 e o e-mail: novajerusalem@novajerusalem.com.br ou pelo site oficial www.novajerusalem.com.br.
Compartilhe on Google Plus

Postado por Rogerio Almeida

Rogério Almeida comemora 30 anos de jornalismo de turismo. É natural de Pacajus (CE) e possui os títulos de Cidadão de João Pessoa e da Paraíba. Premiado com o International Pow Wow IPW Travel Writer Awards 2015, em Orlando (EUA). Recebeu a Medalha do Turismo da França e a Medalha de Mérito Turístico da Assembleia Legislativa da Paraíba. Vencedor do Concurso Europa de Jornalismo. Colabora com diversas publicações de turismo do Brasil e exterior.(Contato: rogerio.almeida@revistafacil.net)

0 Comments:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia