Hotel Laje de Pedra encerra suas atividades na Serra Gaúcha


O Hotel Laje de Pedra foi um ícone da hotelaria na Serra Gaúcha FOTO: Divulgação

A hotelaria brasileira perde um dos seus ícones na Serra Gaúcha. Depois de 42 anos de funcionamento, o Hotel Laje de Pedra, localizado em Canela, Rio Grande do Sul, encerra suas atividades. O anúncio foi feito no dia 7 deste mês, durante videoconferência no próprio hotel, com a participação dos diretores do Laje do Pedra, do vice-prefeito de Canela, Gilberto Cezar, e do secretário de Obras, Luiz Cláudio da Silva.

Os 60 colaboradores foram comunicados da decisão e terão todos os seus direitos trabalhistas honrados, além de terem seus planos de saúde mantidos por seis meses. A rede doará a Prefeitura e ao Hospital de Caridade de Canela todo o enxoval – lençóis, fronhas de travesseiros, edredons e cobertores.

O vice-prefeito Gilberto Cezar declarou que:

"Este é um momento muito triste que estamos vivendo, de crise na saúde, na economia, social e na política no Brasil todo. O Laje de Pedra fez parte da vida de muitos canelenses e da própria história da cidade de Canela. Já sabíamos que o hotel estava enfrentando dificuldades antes mesmo da pandemia e que se tornou insustentável agora". 

Para concluir, Gilberto desejou que isto não aconteça com outros hotéis e empresas da cidade, considerando que o momento é muito sério, delicado e crítico para todos nós.

"Precisamos nos unir para sair dessa crise o quanto antes"

O secretário Luiz Cláudio lamentou o encerramento das atividades do hotel, que faz parte da história de Canela, e parabenizou a diretoria pela forma que estão trabalhando nas rescisões dos funcionários, mantendo o plano de saúde por mais tempo e pelas doações para as obras sociais do Município.

O Hotel Laje de Pedra era um empreendimento luxuoso, com localização em grande área de jardinagem, vegetação intensa e bela vista para o Vale do Quilombo. Na década de 80 foi sucesso absoluto pelas boas instalações e por realizar grandes eventos no Festival de Cinema. Uma fantástica boate movimentava as noites e atraia a juventude da época.

por Edgony Bezerra
Compartilhe on Google Plus

Postado por MARIO

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia