Darlan Leite participa de live com hoteleiros e o ministro do Turismo e defende a fabricação de máscaras


Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo

A hotelaria é um dos setores mais afetados com a crise do coronavirus, responsável pelo fechamento de hotéis no Ceará, no Brasil e no mundo. Para apresentar as principais demandas do setor, os presidentes da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) de vários Estados participaram de uma live (videoconferência) com o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, comandada pelo presidente da ABIH Nacional, Manoel Cardoso Linhares, no dia 8 de abril.

O Ceará foi representado pelo vice-presidente da ABIH-CE, e dirigente dos hotéis Parque das Fontes e Coliseum Beach Resort, Darlan Leite, que externou sua preocupação com o momento atual e propôs a união de todos para conter a pandemia de Covid-19, que está atingindo a maioria dos países do mundo. O empresário aguarda ações integradas para reerguer o turismo, mas adverte que a primeira providência é o combate ao vírus.


Darlan Leite - ABIH-CE

“Nosso inimigo é o coronavírus. Tudo o que o Governo Federal realizar é para aliviar os efeitos dessa pandemia, que está atingindo a todos. Temos de arregaçar as mangas e entrar nessa guerra, para minimizar seus efeitos”, disse Darlan. Sem esperar medidas a curto prazo, ele acredita numa luz no fim do túnel com a alta do dólar, que pode favorecer o turismo interno.

Baseado em providências tomadas em outros países, onde a população usou máscaras e teve baixo índice de contaminação, Darlan solicitou às ABIH’s que participem desta ação utilizando lençóis e fronhas de seus hotéis com algum defeito para a confecção das peças. Ele sugere que esse material seja doado e transformado em máscaras para proteger as pessoas.

“Então, nada melhor do que promover uma popularização do uso de máscaras por parte da população, afinal a maior contaminação ocorre pelas gotículas de saliva na tosse, espirro ou respiração, e a máscara é uma barreira física e muito eficaz. Aqui em Beberibe (sede dos seus hotéis), temos o Centro de Construção da Cidadania, onde já iniciamos a produção de 30 mil máscaras para serem utilizadas pela nossa população. O item é de uso indispensável no município, a fim de conter a disseminação da pandemia, utilizado por pessoas que precisam estar nas ruas."

A sugestão do empresário cearense foi apresentada e bem aceita pelo ministro Álvaro Antônio.

Os hoteleiros interessados em fazer doações podem ligar para Diana Queiroz (85) 99961.3784.


 
Manoel Cardoso Linhares - ABIH Nacional

O ministro Marcelo Álvaro anunciou que vai trabalhar junto ao Governo Federal para atender às demandas do setor. Os hoteleiros solicitaram a não antecipação dos feriados do segundo semestre; parcelamento das contas de energia; acesso a linhas de crédito para inadimplentes; prorrogação dos benefícios da MP-936 para o setor de turismo. O trade pediu, ainda, acesso a linhas de crédito do BNDES sem garantia real, redução das taxas do cartão BNDES acompanhando as demais taxas, carência de 18 meses para empréstimos obtidos com recursos constitucionais e do Tesouro Nacional, bem como a prorrogação da suspensão dos contratos de trabalha e redução e jornada de trabalho por mais 90 dias.

Manoel Linhares espera que o setor continue forte e unido. 

“Temos que insistir em ações que viabilizem a sobrevivência das empresas num curto espaço de tempo, pois temos funcionários e encargos para pagar”.

Entre as medidas solicitadas, Linhares sugere que a cobrança das taxas de água e esgoto e de energia elétrica seja aferida com base na demanda medida e não na demanda contratada e que haja redução significativa no valor do IPTU e de outros impostos e taxas.

Por Edgony Bezerra
http://www.edgonyonline.com.br/
Compartilhe on Google Plus

Postado por MARIO PINHO

0 Comments:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia