Brasília, Campinas, Curitiba e Vitória têm os melhores aeroportos do país

Participantes da solenidade da edição 2020 do Prêmio Aeroportos + Brasil 
foto ; Divulgação

A Edição 2020 do Prêmio Aeroportos + Brasil, teve como principais vencedores os Terminais de Brasília/DF, Campinas/SP, Curitiba/PR e Vitória/ES. Os Melhores Aeroportos do País foram definidos com base nos resultados da Pesquisa de Satisfação do Passageiro, ao longo de 2019, divididos em três categorias: até 5 Milhões Passageiros Ano, de 5 a 15 Milhões e acima de 15 Milhões. O Prêmio foi entregue pelo Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, em cerimônia realizada na área do antigo Terminal 2 do Aeroporto de Brasília.

A Azul Linhas Aéreas venceu, pelo segundo ano consecutivo, as duas categorias que avaliam o desempenho das companhias: o “check-in mais eficiente” e a “restituição de bagagem mais eficiente”.

Nesta edição, houve empate entre Campinas e Curitiba na categoria de 5 a 15 milhões de passageiros. Ambos atingiram média anual de satisfação geral de 4,74, numa escala que vai de 1 (“muito ruim”) a 5 (“muito bom”), e dividiram o prêmio. O Aeroporto de Vitória, grande vencedor na categoria até 5 Milhões de passageiros, atingiu nota média de 4,64. Já Brasília, que teve o primeiro lugar na categoria acima de 15 milhões de passageiros ano, alcançou 4,48 na avaliação dos passageiros.

Para o Ministro Tarcísio de Freitas, a melhoria dos serviços aos usuários é perceptível nos Aeroportos Brasileiros.

“A gente percebe o acerto do programa de concessões, que mexeu também com a Infraero, que melhorou sua gestão e concorre hoje de igual para igual com aeroportos concedidos”.

Freitas lembrou que 2019 foi um ano difícil para a aviação civil com a quebra da Avianca no Brasil e a crise dos 737-Max. Apesar disso, o preço das passagens aéreas vem caindo.

“Estamos começando a equilibrar oferta e demanda, temos um mercado resiliente, forte. Estamos na direção correta com as concessões, na questão regulatória, enfrentando o custo do querosene da aviação, fazendo investimentos para o crescimento da aviação regional. Temos uma engrenagem muito bem azeitada trabalhando em prol da aviação civil, que tem tudo para crescer. Esse serviço vai ser cada vez mais universalizado”.

DESTAQUES

Além do grande prêmio Aeroportos + Brasil, outros cinco indicadores foram avaliados para agraciar os vencedores. Florianópolis ganhou destaque como o “Aeroporto que mais evoluiu” ao longo do ano anterior, com crescimento de 13,6%. Dentre os aeroportos que processam até 5 milhões de passageiros ano, Maceió venceu em três indicadores: “raio-x mais eficiente”, “controle aduaneiro mais eficiente” (Receita Federal/AL) e “mais serviços ao passageiro” (em empate com Florianópolis/SC). O “controle migratório mais eficiente” ficou com Manaus (Polícia Federal/AM).

Além do prêmio principal da Categoria de 5 a 15 milhões de passageiros, Curitiba conquistou as melhores notas em três outros indicadores: “controle migratório mais eficiente”, “controle aduaneiro mais eficiente” e “aeroporto com mais serviços ao passageiro” (empatado com Campinas/SP).

O Secretário Nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura, Ronei Glanzmann, disse ainda que;

“O prêmio, assim como a Pesquisa de Satisfação do Passageiro, estimula os operadores a prestarem sempre o melhor serviço, ao estabelecer parâmetros de excelência, que também servem para dar transparência à situação dos terminais, a partir do ponto de vista dos próprios usuários” 

Compartilhe on Google Plus

Postado por MARIO

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia