South African Airways deixa de voar para o Brasil dia 29 de fevereiro

         Avião da South African Airways (SAA) (Foto: Divulgação)


Depois de 41 anos, voando de Johanesburgo para São Paulo, a South African Airways (SAA),  a companhia aérea africana que possui mais prêmios e que está em processo de falência, irá deixar de voar para o Brasil, a partir de 29 de fevereiro. 

A companhia também prometeu no final deste mês, um Plano de Recuperação de Negócios e depois apresentar aos credores para aprovação.

Além dos voos da África do Sul para o Brasil, também serão encerrados os voos para Abidjan via Accra, Entebbe, Guangzhou, Hong Kong, Livingston, Luanda, Munique e Ndola.

Todos os destinos domésticos, exceto Cidade do Cabo, que vai operar de forma reduzida, deixarão de operar a partir de 29 de fevereiro.

          country manager da SAS, Altamiro Médici Severino 

Os passageiros brasileiros que compraram bilhetes entre São Paulo e Johanesburgo, serão reacomodados, ou receberão o reembolso integral, informou o country manager da SAS, Altamiro Médici Severino.

A South African Airways possui 25 funcionários no Brasil, além dos terceirizados e comenta-se que todos serão dispensados.

Qualquer passageiro que se sentir prejudicado deve contatar  o escritório da empresa no Brasil, que continua operacional, pelo fone (11) 3065-5115 ou pelo e mail: saabrazil@flysaa.com.


Compartilhe on Google Plus

Postado por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia