Aena da Espanha assume Aeroporto Castro Pinto de João Pessoa

     Aeroporto Internacional Castro Pinto de João Pessoa (Foto: divulgação)



O Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto, na Região Metropolitana de João Pessoa, passa hoje (24/02), em plena segunda feira de carnaval, a ser passará a ser administrado pela Aena Brasil, empresa filiada a Aena da Espanha, que foi a ganhadora do Lote Nordeste, em leilão realizado pelo Governo Federal no ano passado. 

Uma equipe e vários profissionais da Aena, da sede em Madri, já se encontra em João Pessoa, há mais de duas semana, trabalhando com a equipe corporativa brasileira de Recife, para implantação dos serviços.

Considerada pelo Conselho Internacional de Aeroportos como a maior operadora aeroportuária do mundo em número de passageiros, com mais de 275,2 milhões em 2019 na Espanha, a Aena Brasil irá, administra a concessão de seis aeroportos da região Nordeste: Recife (PE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa (PB), Campina Grande (PB), Aracaju (SE) e Maceió (AL). 

Na Espanha, opera 46 aeroportos e 2 heliportos. É acionista controlador, com 51%, do aeroporto de Londres-Luton no Reino Unido, além de gerenciar aeroportos no México (12), Colômbia (2) e Jamaica (2), que totalizaram um volume de passageiros de 78,2 milhões em 2019. Além disso, presta serviços de consultoria para clientes estratégicos como a Companhia de Aeroportos de Cuba – ECASA.


Maíra Fischer 


Já o Aeroporto Internacional Gilberto Freyre- Guararapes, era para estar sendo administrado pela Aena Brasil, antes do carnaval, mas segundo a secretária executiva de Políticas Públicas do Desenvolvimento Econômico do Estado, Maíra Fischer, a demora se deve pela grande movimentação e circulação de turistas neste carnaval. E que já estão com gestão compartilhada com a Infraero, observando a rotina e que logo no início de março, a empresa espanhola assumirá de vez e sozinha a administração do aeroporto pernambucano.
Compartilhe on Google Plus

Postado por Rogerio Almeida

0 Comments:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia