PIRANHAS/ALAGOAS: TURISMO, HISTÓRIA E CULTURA

PIRANHAS/ALAGOAS: TURISMO, HISTÓRIA E CULTURA



A cidade de Piranhas é uma verdadeira jóia encravada às margens do Rio São Francisco, inclusive sendo listada entre as vinte “cidadezinhas” mais charmosas do interior brasileiro. Distante 280 km da capital Maceió, 217 km de Aracajú e 490 km do Recife está localizada no Sertão Alagoano, foi a primeira cidade do semi-árido a ser tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Piranhas obteve destaque nacional no ano de 1938 quando ocorreu a exposição das cabeças de Lampião, Maria Bonita e de nove cangaceiros, após terem sido mortos na Gruta do Angicos, local próximo do centro da cidade. Mas, a rica História da cidade vem desde o século XVI quando a cidade ainda se chamava Tapera e depois ficou conhecida como Porto de Piranhas. 



Devido a sua localização privilegiada, a cidade teve vital importância para o fortalecimento da navegação e, consequentemente, do desenvolvimento da Região do Baixo e Médio São Francisco. 

No ano de 1859, o Imperador Dom Pedro II visita a cidade incentivando a navegação a vapor e, posteriormente, a criação da estrada de ferro, que trouxe maior pujança econômica para Piranhas que se tornou importante entreposto comercial.



Atualmente, as riquezas trazidas para a cidade são oriundas da atividade turística. Piranhas é o terceiro maior Destino Turístico do Estado de Alagoas, seu fluxo de Turistas e Visitantes é inferior apenas a Maceió e Maragogi. Dispondo de inúmeros atrativos turísticos, Piranhas agrada os adeptos do Ecoturismo, Turismo Cultural e Turismo de Lazer. 



Seu sítio histórico encontra-se bem preservado, tombado pelo IPHAN, ainda mantém as características mais marcantes de um vilarejo do século XVIII. A prefeitura e o IPHAN orientam os moradores, distribuindo o manual de cores para a conservação e pintura das residências, como uma forma de incentivar na preservação das características originais das edificações de estilo Colonial, Neoclássico e Eclético.



Os passeios pelo Rio São Francisco também são o grande atrativo de Piranhas, que possui dois roteiros distintos. O primeiro passeio é a “Rota do Cangaço”, que sai do atracadouro da cidade em direção a Fazenda Angicos, lugar onde se encontra a famosa gruta onde ocorreu a última batalha de Lampião e seus cangaceiros. Descendo pelo leito natural do Velho Chico, por aproximadamente 35 minutos, chegamos a uma linda prainha fluvial em frente ao Restaurante Angicos. Para visitar a gruta, é necessário percorrer uma trilha de aproximadamente 700 m pela Caatinga e alcançar este local emblemático para a história brasileira e, principalmente, nordestina. Depois da caminhada, a melhor pedida é tomar um delicioso banho no Rio São Francisco.



Aqui, as águas são cristalinas e esverdeadas formando um lindo cenário juntamente com as rochas e a vegetação. Em seguida, faça sua refeição e não deixe de experimentar o delicioso e exótico doce de Coroa de Frade (uma espécie de cocada feita deste cacto do Sertão), uma receita muito bem guardada pelas proprietárias do restaurante e que você só encontra aqui. O segundo passeio é a “Rota do Cânion”, que é realizado na parte inundada do Rio São Francisco, dentro da represa da Hidrelétrica de Xingó, que é o nome de um bairro de Piranhas. A usina por si só também é um Atrativo Turístico. Atualmente, é considerada a mais moderna da América Latina, sendo a terceira maior do Brasil e sétima do mundo, gerando, aproximadamente, 30% da energia consumida pela Região Nordeste. Para fazer o passeio, temos que nos deslocar por aproximadamente 10 minutos até o atracadouro do Restaurante Karranca’s, localizado na margem sergipana do rio. Este passeio atrai grande número de turistas que ficam encantados com as belezas do cânion, onde passam por formações rochosas como a Pedra do Gavião, o Morro dos Macacos até chegar a Grota do Talhado, local para banho no lago represado da Usina.



Devido a suas belezas naturais e arquitetônicas, Piranhas já foi locação de filmes e novelas como Bye Bye Brasil (1979), Baile Perfumado (1997), Cordel Encantado (2011) e outras produções cinematográficas. Além do lindo casario, ruas estreitas e ladeiras, você não pode deixar de visitar o Museu do Sertão, a Casa do Patrimônio, o Centro de Artesanato, o Mirante Secular, a Igreja do Nosso Senhor do Bonfim, a Torre do Relógio, entre outros atrativos. 



No quesito bares e restaurantes, Piranhas possui ótimas opções. Durante o dia, a dica é ficar na praia fluvial em frente aos bares que possuem cardápios variados, tanto em peixes e camarões, como na autêntica comida nordestina. À noite, os bares e restaurantes oferecem uma diversificada opção gastronômica em pizzas, tapiocas, batatas recheadas e pratos tradicionais. 



Para melhorar ainda mais sua noite, oferecem Música ao Vivo, Espetáculos Teatrais e Culturais em palco montado pela prefeitura no largo que fica em frente aos principais bares e restaurantes da cidade, oferecendo música de qualidade em volume agradável existe um charmoso ambiente para tomar um café ou capuccino acompanhado por tortas e salgados, desfrutando de uma linda vista da cidade,uma cortesia oferecida pela casa.



No quesito hospedagema cidade dispõe de bons equipamentos. O Dunem Hotel um deles, situado no Centro Comercial Grinauria Miranda, O Dunem é um Hotel moderno, decorado com varias obras de arte popular que da um tom de galeria de arte e seus corredores são adesivados com motivos do cangaço remetendo seu hóspede ao tempo do cangaço. Seus apartamentos equipados e confortáveis fazem todos a diferença para seu descanso após os passeios pela cidade e redondezas. Piranhas tem também a Pedra do Sino Hotel, esse é mais afastado do centro e próximo ao sítio histórico, um hotel encantador.




Com uma vista incrível para o Rio São Francisco, onde vc pode contemplar de todos os cantos e principalmente da piscina, que por sinal, tem o melhor panorama do hotel. Seus apartamentos decorados com muito bom gosto, um atendimento cordial com muita simpatia, você se sentirá em casa, vale a pena conferir.





No quesito gastronomia Piranhas não deixa a desejar, bons Restaurantes, pizzarias e lanchonetes, opções para todos os públicos. Um exemplo é o Restaurante Dona Gui, que oferece pratos da cozinha contemporânea muito bem elaborados, desde um saboroso risoto de filé ao funghi até a carne de sol, tudo muito bem apresentado e saboroso. Outro lugar que não pode ficar fora do seu roteiro é o Restaurante O Lampião, às margens do Rio São Francisco e com uma estrutura incrível, tirolesa, piscina adulto e criança, bar e restaurante; com comida saborosa onde o destaque é a Tilápia Frita, um peixe de água doce preparado com muito capricho. Você Também pode desfrutar de vários coquetéis, com álcool e sem álcool, muito bem elaborados. O Restaurante O Lampião tem serviço de “Day Use”, pra chegar, ficar e relaxar.






Não pense que acabou, no final do dia vale a pena visitar a Lagoa da Mulata, uma loja riquíssima culturalmente especializada em arte popular, várias peças de artesões Alagoanos com uma diversidade em madeira, papel marchê, barro entre outras matérias primas, uma loja colorida e de alto astral. 



Realmente, Piranhas é uma Jóia. 

Piranhas merece ser visitada e conhecida minuciosamente, pois, além destes atrativos encantadores, a cidade possui um povo acolhedor e tem o privilégio de estar situada às margens do imponente, belo e histórico rio brasileiro, o São Francisco. 

Serviço 
  • Dunem Hotel 82 98808 5414 / 82 93686 1308 

  • Pedra do Sino Hotel 82 3686 1106 / 82 98807 3918 

  • Restaurante Dona Gui 82 9 8758 5414 

  • Restaurante O Lampião 82 98221 1011 / 82 99635 1916 / 82 98184 2700 

  • Lagoa da Mulata (Arte Popular) 82 9 8869-7445

Texto: Horácio Abiahy
Fotos: Evaldo Parreira e Jorginho Luis
Compartilhe on Google Plus

Postado por MARIO

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia