Casamento coletivo celebra o amor de 215 casais no Recife

O evento beneficente vai contar com música, buffet e trajes da noiva e do noivo oferecidos gratuitamente - Foto: Revista Jurema

O projeto Casamento de Rainha - Um Sonho Coletivo já está na sua quarta edição e vai contemplar, agora, 215 casais que sonham em fazer uma festa como manda o figurino, com pompa e convidados, mas não tem condições financeiras para arcar com as despesas. A iniciativa é uma idealização da produtora cultural Luciana Araújo, contando com o apoio da Universidade Salgado de Oliveira, entre outros colaboradores e voluntários para doar tempo e serviço em prol da causa. 

O dia D, com direito ao vestido de noiva, ao terno do noivo, decoração, buffet, DJ, bolo de noiva, maquiagem e penteado, além de 20 convidados para cada casal, será possível graças à união de muita gente que trabalha no segmento de festas. "Estamos sempre abertos a parcerias como esta que viabilize ações sociais. Já realizamos outros casamentos coletivos, entre outras ações sociais nesses últimos 20 anos, e resolvemos nos unir a esse belo projeto da Luciana Araújo para viabilizar o sonho de mais pessoas", comenta o diretor geral da Universo, Ubirajara Tavares Filho. 

O grande evento para quatro mil e trezentas pessoas acontecerá no dia 5 de agosto, na quadra da Universo, na Imbiribeira, onde haverá, às 18h, uma cerimônia religiosa com efeito civil. A universidade também está apoiando o projeto, através do seu departamento de Práticas Jurídicas, buscando a parceria do Tribunal de Justiça para autorização e realização do casamento civil no local.

Ainda de acordo com Ubirajara, a universidade possui um calendário oficial de ações sociais para as comunidades do entorno, que visa atender, gratuitamente, o atendimento ao público nas áreas jurídica, de nutrição e de fisioterapia. "Queremos fazer um intercâmbio entre a comunidade e nossos alunos, expandindo nosso campo de aprendizado extraclasse", comenta. 

"Há 30 anos desenvolvo ações de responsabilidade social e de inclusão de mulheres, apoiando-as nas mais diversas causas, e há 4 anos, desenvolvi esse projeto numa perspectiva de promoção do amor, num mundo tão desigual, transformar sonho em realidade para tantas famílias é igualmente gratificante pra mim e para equipe", afirma a idealizadora do projeto Luciana Araújo. 

CERIMÔNIA 

O embalo musical fica a cargo do cantor internacional Patrick Dimom, do DJ Tubarão, Nego Tom e Balanço Black, que cederam gratuitamente seus cachês. A música de entrada será apresentada pelo maestro Gil Amâncio e piano. O enlace será comemorado com buffet para noivos e convidados, oferecido por Selma Alves Buffet. Os 200 casais estarão devidamente trajados, seguindo a tradição: as noivas com vestido branco ou off-white, enquanto os homens optam por terno preto, cinza ou azul-marinho. E, para compor os looks, buquê, véu, grinalda e a lapela. 

A seleção se deu um ano antes, no mês de agosto de 2018, através de cartas que foram enviadas a redação da revista Jurema. Do total de 700 inscritos, 200 pessoas foram selecionadas. A ideia é enviar uma carta contando a história de amor, o porquê do desejo de casar de véu e grinalda e porque não conseguiram realizar o sonho. Os selecionados foram oficializados em grupos e ficha de inscrições, sendo convidados a participar de reuniões mensais.
Compartilhe on Google Plus

Postado por Jefferson Victor

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia