Nobile Hotéis e Instituto Ronald McDonald unem-se em prol da causa do câncer infantojuvenil






Da esquerda para a direita, Roberto Bertino, Fundador e Presidente da Nobile Hotéis, Francisco Neves, Superintendente do Instituto Ronald McDonald, Emiria, Diretora de Qualidade e Processos da Nobile e Mariana Gomes, Especialista em Marketing, Parcerias e Eventos do Instituto Ronald

 A Nobile Hotéis uniu-se ao Instituto Ronald McDonald, que atua há 20 anos no antes, durante e depois do tratamento de crianças e adolescentes com câncer com a missão de promover saúde e qualidade de vida para os beneficiados. A parceria consiste em arrecadar doações nos hotéis da companhia espalhados por 19 estados brasileiros e 42 cidades. No ato do check-out, os hóspedes serão convidados a doar e o valor arrecadado será revertido integralmente para o Instituto Ronald. 
Para celebrar a parceria, no dia 04 de junho foi realizado um evento na sede do Grupo Nobile, em Brasília. Na ocasião, Francisco Neves, Superintendente do Instituto Ronald McDonald, e o presidente da Nobile Hotéis, Roberto Bertino, estiveram presentes para a assinatura do Termo de Parceria. Um grupo de colaboradores da sede da Nobile Hotéis também assistiu à apresentação de Francisco Neves sobre as ações e desafios do Instituto na causa do câncer em crianças e adolescentes.  
A cada hora surge um novo caso de câncer no Brasil. Segundo estimativa do Instituto Nacional de Câncer (Inca), esta é a enfermidade que mais mata crianças e adolescentes no país. E um dado chama atenção: anualmente cerca de 30% das crianças e adolescentes podem estar morrendo sem diagnóstico e tratamento. O objetivo do Instituto Ronald McDonald para os próximos anos é ampliar as chances de cura de crianças e adolescentes do Brasil para cerca de 85%, elevando as chances de cura ao mesmo patamar de países com um alto índice de desenvolvimento.

“A desigualdade é real até mesmo nas chances de cura: o câncer não diferencia a criança que afetará, mas onde essa criança nasce e vive pode influenciar diretamente nas suas chances de sobrevivência”, explica Francisco Neves, Superintendente do Instituto Ronald McDonald. Conforme o levantamento feito pelo Inca, enquanto as chances médias de cura na região Sul são 75% e na região Sudeste são 70%, nas Região Centro-Oeste, Nordeste e Norte elas são 65%, 60% e 50% respectivamente.

Ciente da importância da conscientização e prevenção do câncer infantojuvenil, a Nobile Hotéis considera importante colaborar com os programas desenvolvidos e coordenados pelo Instituto Ronald McDonald, que são o Diagnóstico Precoce, Atenção Integral, Espaço da Família Ronald McDonald e Casa Ronald McDonald.

Para Emiria Bertino, Diretora de Qualidade e Processos e uma das principais incentivadoras da efetivação da parceria, “ser um canal de comunicação para sensibilizar as pessoas à causa, nos torna uma empresa ainda mais responsável no cuidado com o outro, afinal vivemos intensamente a hospitalidade em nossa atividade empresarial. Desta maneira, a Nobile Hotéis, a partir de seu portfólio, com envolvimento de seus colaboradores e da sua capilaridade contribuirá para o aumento das doações na luta contra o câncer infantojuvenil”, afirma. No Grupo Nobile a executiva ficará à frente da parceria.

Roberto Bertino, Fundador e Presidente do grupo Nobile, salienta que a causa é nobre. "Como seres humanos precisamos alimentar e fortalecer o nosso espírito. Fazer algo por alguém é um bom caminho a esse fortalecimento. Precisamos fazer a diferença no mundo e encontrar um sentido para nossas vidas. Vivemos não só para obter, mas também para dar. Seguindo esse propósito, decidimos nos engajar à causa do Instituto Ronald McDonald e, por recebermos mais de 8.000 hóspedes diariamente, nossos hotéis servirão de instrumento para que mais pessoas doem e proporcionem o bem às crianças e adolescentes que lutam contra o câncer no Brasil.

Compartilhe on Google Plus

Postado por Fernando Lagreca

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia