Fortes chuvas deixam 11 mortos em Abreu e Lima, Olinda e no Recife


As fortes chuvas que atingem a região metropolitana do Recife desde a madrugada desta quarta-feira, 24, provocaram transtornos e 11 mortes. Segundo o Corpo de Bombeiros, óbitos foram confirmados após deslizamentos de barreira em Olinda, Abreu e Lima e na capital pernambucana.

Seis das 11 mortes foram registradas em Olinda, onde mais de 245 milímetros de chuva caíram nas últimas doze horas - o esperado para 20 dias. Ao menos quatro deslizamentos de terra aconteceram na cidade. Sete famílias foram orientadas a sair de suas casas por causa do risco de novos desmoronamentos. 

Entre as vítimas, está uma idosa de 78 anos, Iraci Maria da Conceição, que teve a casa atingida por uma dessas barreiras no bairro de Águas Compridas. Na mesma localidade, outra queda de barreira destruiu uma residência e matou um jovem de 25 anos. 

No bairro de Passarinho, muitas árvores de grande porte caíram por em função das chuvas. Dois casais morreram. As vítimas eram Natalício Vicente da Silva, de 69 anos, e Ivonete Maria da Silva, de 63. O casal de idosos foi encontrado embaixo dos escombros da residência em que moravam, deitados lado a lado na cama. O outro casal foi identificado apenas como Diego e Elisângela. 

Segundo Risoar Luiz da Silva, um dos três filhos de Natalício e Ivonete, a família construiu a casa em que os idosos morava há quatro anos, após a antiga residência ter sido condenada pela Defesa Civil do município devido ao risco de deslizamento. “Tentamos ajudar o Corpo de Bombeiros no resgate dos meus pais, porém já era tarde demais,” lamentou o filho. Risoar disse, ainda, que a família não tinha muitas recursos para comprar uma casa ou um terreno em uma área menos vulnerável. 

Segundo os bombeiros, outro deslizamento aconteceu em uma casa no bairro de Caixa d'Água, em Olinda. Dois adultos e duas crianças, de 5 e 6 anos, foram retirados dos escombros com vida. Uma pessoa está desaparecida no bairro do Alto do Sol Nascente.

No Recife, um homem de 34 anos também morreu por causa da queda de barreira no bairro de Dois Unidos. A vítima foi o motorista particular Josafá Barbosa. De acordo com José Barbosa, pai da vítima, eles estavam dormindo na hora do acidente. “Eu ouvi o estrondo, levantei ligeiro da cama e corri até a casa dele. Mas ele já tinha caído completamente", rememora. "Moro há 22 anos aqui, onde criei meus dez filhos, mas, infelizmente, vou ter que sair desse lugar”.

A prefeitura também emitiu alerta para que as famílias que vivem em áreas de risco procurem abrigo. Desde sexta-feira, 19, quando as chuvas tiveram início na capital pernambucana, 31 mil famílias receberam o alerta por meio de mensagens de texto.

Já na cidade de Abreu e Lima, vítimas ficaram soterradas depois de um deslizamento no Córrego do Abacaxi. Uma delas, uma jovem de 19 anos, foi socorrida sem vida. Os bombeiros não informaram a identidade dela. Sua mãe, de 39 anos, foi retirada com vida e levada a um hospital da região. Um jovem de 15 anos e um homem de aproximadamente 50 também foram resgatados sem vida pelo Corpo de Bombeiros. 

Ainda em Abreu e Lima, a corporação confirmou a morte de uma grávida de 21 anos que estava no oitavo mês de gestação e de um homem de 49 anos.

O balanço consolidado das chuvas, que também deixaram boa parte do Grande Recife alagado, ainda será divulgado pela Defesa Civil das cidades mais atingidas pela precipitação. Segundo a Agência Pernambucana de Climas e Água (Apac), as chuvas devem continuar na região metropolitana e na Zona da Mata de Pernambuco, mas com intensidade moderada.

A Defesa Civil de Olinda alerta que, em caso de emergência, os moradores devem entrar em contato com o órgão pelo número (81) 3429-9838 ou pelo WhatsApp (81) 9-9266-5307. O serviço funciona 24 horas por dia.

A Defesa Civil de Olinda alerta que, em caso de emergência, os moradores devem entrar em contato com o órgão pelo número:

(81) 3429-9838 ou pelo WhatsApp (81) 9-9266-5307 

Foto: Sandro Barros/Prefeitura de Olinda
Compartilhe on Google Plus

Postado por MARIO

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia