MTur investe mais de 4 milhões em festas juninas do país

Resultado de imagem para 29ª Festa Junina de Macedônia
Treze municípios em seis estados brasileiros receberam recursos para promover e fortalecer suas manifestações culturais
Com o intuito de consolidar as festas juninas como produto turístico brasileiro, o Ministério do Turismo vai investir, neste ano, R$ 4,2 milhões nos festejos do país. Ao todo, foram 14 convênios firmados com 13 municípios de seis estados brasileiros. As festas, além de marcarem a cultura do Brasil, são fortes indutores de geração de emprego e renda, principalmente nas comunidades locais. As maiores festas, como Campina Grande (PB) e Caruaru (PE,) chegam a movimentar mais de R$ 500 milhões na região com mais de 50 dias de programação. Além disso, mais de 3 mil empregos diretos e indiretos devem ser criados nesta época.
O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, destaca que os investimentos destinados pela Pasta irão apoiar os municípios em suas festas de pequeno porte, além do incremento social e econômico nestas regiões. “O forte envolvimento das populações locais nas festas juninas impulsiona o turismo regional. Estes eventos atraem visitantes de todo o Brasil e do mundo que desejam conhecer a diversidade cultural que o país tem a oferecer. É um produto turístico que tem a cara do Brasil e está em franco processo de estruturação e consolidação”, pontuou o ministro. 
Os recursos foram liberados por meio de emendas parlamentares. No Estado da Bahia, cinco festejos foram apoiados no valor de R$ 1,1 milhão. São eles: Arraiá do Monte Alegre, no município de Mairi; Arraiá do Banza: 29º São Pedro da Tradição, em Banzaê; 9º edição do Arraiá da Lapa, no município de Amélia Rodrigues; São João Arraiá do ITA 2019, em Itaberaba; e o 31º Arraiá do Água Fria, no município de Medeiros Neto. Ainda na região Nordeste, Sergipe teve três festas juninas apoiadas no total de R$ 1,4 milhão. Entre elas estão o Forró Caju, a Festa do Catete e o 11º Arrasta-Pé do 18 do Forte.
Em São Paulo, três manifestações tiveram recursos do MTur para este ano da ordem de R$ 633 mil nos municípios de Macedônia (29ª Festa Junina de Macedônia), Gavião Peixoto (9ª Festa Junina de Gavião Peixoto) e Itararé (50ª Festa de São Pedro). Em Sítio Novo, no Tocantins, a XIX Festa Junina Arraiá no Nosso Sítio teve R$ 469,2 mil repassados. Outros R$ 359,5 mil foram investidos no município de Marechal Floriano, no Espírito Santo e mais R$ 200 mil na promoção do 77º São João de Santa Luzia, na Paraíba. 
OFERTA TURÍSTICA - O Calendário Nacional de Eventos do Ministério do Turismo já reúne 119 festejos juninos, registrados por secretarias estaduais e municipais de Turismo. As informações disponíveis são organizadas de forma colaborativa. O objetivo é divulgar os eventos turísticos brasileiros e agregar valor à imagem dos destinos, além de fornecer informações de qualidade sobre a oferta turística do Brasil que possam ser úteis ao turista no momento de planejar suas viagens. Além de festas juninas, o instrumento também informa sobre eventos artísticos, culturais, esportivos, folclóricos, gastronômicos e religiosos, entre outros segmentos. Para este ano, o Calendário já possui 2.957 eventos cadastrados.
Compartilhe on Google Plus

Postado por MARIO

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia