Orquestra Sinfônica da PB é declarada patrimônio histórico e cultural do Estado


    Orquestra Sinfônica da PB (Foto: divulgação)

A Orquestra Sinfônica da PB (OSPB) foi declarada patrimônio histórico e cultural da Paraíba, num projeto de autoria da deputada estadual Cida Ramos (PSB), Lei n. 11.330, aprovada pela Assembleia Legislativa da PB e sancionado pelo chefe do Executivo e publicado na edição do último sábado, 18 de Maio, do Diário Oficial da PB.

Para comemorar a homenagem, a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, fará nesta quinta-feira, (23/5), seu segundo concerto oficial, às 20h30, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, sob a regência do Maestro Luiz carlos Durier e a participação, como solistas, de Zácaro Pinto Feitosa e Marcel Marques, com entrada gratuita.

No programa, "Danças Húngaras 5 e 6, de Johannes Brahms (1833-1897), com orquestração de Albert Parlow. Depois os solistas Zacaro Feitosa e Marcel Marques apresentam a "Suíte Monette para Trompete, Trombone e Orquestra (Ciranda, Balada, Valsa e Boi Bumbá), do arranjador musical, oboísta e pernambucano Maestro Duda (1935).

Após o intervalo, serão executadas a "Abertura Karélia, Op.10, de Jean Sibelius (1865-1957) e a "Rapsódia Irlandesa", do irlandês Victor Herbert (185901924). 

SERVIÇO:


2º Concerto Oficial da Temporada 2019 da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba
Regente: Luiz Carlos Durier
Solistas: Zácaro Feitosa e Marcel Marques
Dia: 23/05/2019 (quinta-feira)
Hora: 20h30
Local: Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural, João Pessoa
Entrada gratuita
Compartilhe on Google Plus

Postado por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia