Bolsonaro defende o turismo como importante atividade econômica para o país

Execução do Hino Nacional na apresentação do novo presidente da Embratur 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, esteve na sede da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), em Brasília, dia 29 de maio, para a apresentação de Gilson Machado Neto, o novo presidente do instituto ao trade turístico nacional. Na ocasião, ambos discursaram sobre o potencial do turismo brasileiro e como o setor pode ser uma saída rentável para a recuperação da economia.

Bolsonaro aproveitou para destacar as belezas do País e o potencial que o Brasil possui para se realizar a atividade turística, bem como a necessidade de buscar avanços e caminhar para um cenário com menos entraves para investimentos. “Nós temos tudo para, via o turismo, ajudar a economia. Se depender da minha caneta, de um decreto, estarei à disposição do progresso e do meu País”.

Sobre a escolha de Gilson Machado Neto para comandar a Embratur, o presidente Jair Bolsonaro fez questão de ressaltar o perfil técnico e competente da nova liderança e a necessidade de renovar a visão do setor. “Se lá atrás Santos Dumont não ousasse, ninguém voaria. Se Jacques Cousteau não ousasse, não teríamos o mergulho como é possível hoje. Estamos ousando com Gilson, um homem de palavra fácil, fala a linguagem do povo”, declarou Bolsonaro. “Seu currículo e sua vivência ajudarão a superar qualquer dificuldade que possa ter e fará da Embratur motivo de orgulho”, completou o presidente da República.

O pernambucano Gilson Machado Neto fez também um discurso eloquente, em favor do setor, e ressaltando o valor da instituição e dos servidores. Disse também que vai trabalhar para a transformação da Embratur em agência, para que o Brasil ganhe competitividade junto ao mercado internacional. "A transformação da Embratur em agência é uma das minhas prioridades. Vamos buscar a captação de recursos para realizar um trabalho de promoção mais efetivo", declarou o presidente da Embratur. "Se depender dos nossos esforços, muita coisa vai mudar de fato aqui na Embratur. Vamos valorizar o trade interno, que é a nossa base de sustentação econômica", declarou o presidente da Embratur durante a cerimônia.

Gilson Machado Neto reforçou a necessidade de tratar o turismo como uma atividade econômica e de transformação social ao falar sobre como será sua gestão à frente do Instituto: "aqui não só estará o presidente desta Casa (Embratur), mas um patriota lutando por dias melhores para a sua gente. Acredito no turismo como um elo para alavancar a nossa economia".

foto: Pablo Peixoto/Embratur
Compartilhe on Google Plus

Postado por MARIO

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia