Ministra do Turismo do Equador apresenta o país dos 4 mundos na WTM 2019


    Zharife Kure (Turismo de Guayaquil), Embaixador do Equador no Brasil, Diego Ribadeneira, Ministra do Turismo do  Equador, Rosi Prado de Holguín, Ruben Lara (Quito Turismo) e Daniela Araújo (Gol Linhas Aéreas) Foto: Rogério Almeida.

A Ministra do Turismo do  Equador, Rosi Prado de Holguín apresentou em coletiva de imprensa durante a WTM 2019, em SP, o país dos quatro mundos. 

     Apresentação da Ministra do Turismo do  Equador, Rosi Prado de Holguín 
                                       ( Foto: Rogério Almeida).

Em relação a Quito, a Ministra Rosi Golquín destacou que foi a primeira cidade a receber o título de patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO.

Ao lado da ministra do Turismo de Equador, Zharife Kure, coordenadora de projetos turísticos e qualidade do municipal de Turismo de Guayaquil, que apresentou as belezas da costa do país, que é casa para 10% dos pássaros do mundo; o Embaixador do Equador no Brasil, Diego Ribadeneira, que disse que os dois países tem relações diplomáticas permanentes desde 8 de setembro de 1978; Ruben Lara, coordenador de América Latina da Quito Turismo, que afirmou que a junção de tradição, gastronomia e aventura são os maiores atrativos para quem chega à capital do Equador e Daniela Araujo, da Gol Linhas Aéreas que informou que a companhia aérea, desde dezembro, está com três voos semanais e diretos de São Paulo para Quito e com duração de menos de seis horas.

                          Diablo Huma (Foto: Rogério Almeida)

Na coletiva houve a apresentação do Diablo Huma, também conhecido como "diabluma", considerado como guia da comunidade, líder e guerreiro possuidor da energia vital da natureza. E que se apresenta no mês de junho, durante a Festa do Sol, o Inti Raymi.

Indagado por este jornalista, sobre o fluxo de turistas brasileiros para o Equador, a Ministra respondeu que em  2018, cerca de  22 mil turistas brasileiros visitaram o país, com um gasto médio de 1300 dólares e estadia média de cinco noites.

Concluindo a coletiva, a Ministra falou sobre o melhor cacau e chocolate do mundo que é de Equador e convidou à todos para ir ao estande do país para uma mostra gastronômica e viagem 3D para visitar virtualmente o ‘meio do mundo’.

 Equador é conhecido por possuir quatro mundos em um único país: o tesouro mundial das Ilhas Galápagos, a costa quente e ensolarada do Pacífico, a majestosa cordilheira dos Andes e a floresta amazônica, além de ser o lar de 17 grupos indígenas e 27 grupos étnicos diferentes. 

Em 2019 o Equador se firma ainda como “destino de romance e aventura” e “terra do chocolate”, com a produção do melhor cacau e chocolate do mundo.


Daniela Araújo, da Gol Linhas Aéreas, recebe homeagem agradecimento pelos voos do Brasil para Equador pela Ministra do Turismo do  Equador, Rosi Prado de Holguín 
                                              ( Foto: Rogério Almeida)

No estande do Equador, a Ministra Rosi de Holguín fez a entrega da Rosa do Equador a Daniela Araújo, da Gol Linhas Aéreas pelo vôo exclusivo que conecta diretamente os dois países, com rotas São Paulo – Quito – São Paulo, aeronaves com capacidade para aproximadamente 186 pessoas e três saídas semanais, contribuindo para dinamizar e incrementar o segmento do turismo Brasil-Equador.
 
O turismo no Equador é atualmente a terceira fonte de renda não petrolífera no país, com contribuição total para o PIB nacional de US$ 5,9 milhões, o que representou 5,8% em 2018. Do Brasil foram registrados 31.400 chegadas ao país, sendo que o destino é o 12º preferido pelos brasileiros no mercado latino-americano. 
 

Compartilhe on Google Plus

Postado por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia