Inovação na 68ª Reunião da Câmara Setorial de Turismo e Eventos


Dirigentes e convidados na reunião da Câmara Setorial de Turismo e Eventos

Com distribuição de flores de Ubajara e participação de representantes de diversificadas regiões do Estado do Ceará, a presidente da Câmara Setorial de Turismo e Eventos (CSTE), Anya Ribeiro, deu sequência, na manhã de hoje, ao seu trabalho em mais uma reunião mensal da CSTE, com uma base sustentável deixada pela sua antecessora Enid Câmara.

Com auditório lotado, na sede da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), a reunião foi aberta pelo diretor de todas as câmaras da Adece, Ricardo Sales. Além dos representantes dos Municípios, e dos Integrantes da CSTE, estiveram presentes o titular da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur), Arialdo Pinho, e o deputado estadual Sérgio Aguiar, que prestigia o turismo cearense em pleitos e ações. 

Ricardo Sales e Anya Ribeiro

Na pauta de hoje, Linha de Ação Estratégica I, momento usado pelos representantes convidados para apresentarem suas práticas com os atrativos de cada município. Foi uma viagem imaginária na fantasia e na colocação dos participantes para atrair visitantes e desvendar o potencial de cada região.

Teve de tudo um pouco, a partir da criatividade e sensibilidade de cada expositor para mostrar um estado rico em belezas naturais, que precisa ser lapidado para desenvolver o turismo. Precisa de união, integração, capacitação e investimento.

Hoje, o Estado do Ceará possui 74 Municípios no Mapa do Turismo do MTur.

REGIÕES PRESENTES

Rota Verde do Café da Serra De Baturité – Laura Góes,
Sertão Central – Antônio Almeida,
Chapada da Ibiapaba – Lucivanda Fernandes e Alex Lima,
Sobral/Ibiapaba – Teresa Mota,
Litoral Oeste – Rosana Lima,
Litoral Leste – Geraldo Filho,
Vale do Jaguaribe – Cybelle Souza e Afro Negrão.

A apresentação começou com a Rota Verde do Café da Serra de Baturité, apresentada por Laura Góes, do Instituto Sitio Lucas. Além de um belo casarão, o local está organizado para receber os visitantes com os sabores do passado, receitas inéditas do tempo da vovó.

Antônio Almeida, proprietário do Pedra dos Ventos Resort, em Quixadá, enfrentou o desafio de construir um hotel no meio do mato e não se arrepende nem para de sonhar. Ele destaca atrativos como o Açude Cedro, o sítio da escritora Raquel de Queiroz e o Parque do Jacu (Penelope), ave de grande porte que atrai observadores de pássaros.

Lucivanda Fernandes, de Ubajara, distribuiu e falou da simbologia das rosas produzidas na sua empresa – Swart Souvenir. Para ela, um mundo novo de encantamento, com apenas quatro meses e com uma variedade de produtos aromatizados feitos com amor e dedicação.

Congraçamento no final da reunião

O Parque Nacional de Ubajara, que sempre se destacou no cenário turístico pela Gruta de Ubajara, acessada pelo bondinho, ganhou nova versão com a criatividade dos integrantes da Cooperativa de Trabalho e Assistência ao Turismo (Cooptur), representada pelo guia de turismo Alex Lima. Com muitas paralisações do bondinho, os guias despertaram para novas oportunidades e criaram oito roteiros que envolvem história, cultura e cachoeiras. O retorno do bondinho está previsto para julho e será um atrativo a mais num destino que se reinventou a partir das dificuldades.

Teresa Mota pretende trabalhar o potencial turístico de Sobral e sente que não há organização para isto. Como primeiro passo, ela solicitou a realização de uma reunião da CSTE para motivar os setores público e privado.

A turismóloga Rosana Lima representou o Litoral Oeste, conhecido internacionalmente pelas belezas de Jericoacoara e falou da impossibilidade do destino de receber mais visitantes. Com a implantação do aeroporto no município de Cruz, o que se espera é que outros municípios sejam beneficiados com o excesso de demanda. Uma das sugestões dela é a implantação de voos regionais.

O hoteleiro Geraldo Filho, de Icapuí, representou o Litoral Leste, formado por sete municípios. Mencionou a Rota das Falésias e disse que falta gestão para o projeto se desenvolver. A região é forte em associativismo, realiza festivais e eventos musicais - Curta Canoa, Festival da Sardinha, em Cascavel, e Festival da Lagosta, em Icapuí.

O Vale do Jaguaribe, formado por 16 municípios, tem como destaque a Chapada do Apodi e como recurso natural a carnaúba, A região foi apresentada por Cybelle Souza e Afro Negrão, que destacou seu orgulho de ver a carnaúba chegar à Marquês de Sapucaí nas peças representativas do Ceará para o desfile da União da Ilha do Governador no carnaval carioca de 2019. Utilizada em sua totalidade, a carnaúba está sendo usada pelos moradores em peças artesanais. 

MISSÃO DO GOVERNO

O secretário Arialdo Pinho ouviu os representantes das regiões e disse que está fazendo a sua parte facilitando a vinda dos turistas para Fortaleza com a criação de novos voos. A partir da capital cearense, compete aos interessados atrair os visitantes para seus municípios. Arialdo falou do patrocínio do governo a alguns eventos e disse que o dinheiro é pouco. Sem perspectiva de atrair investidores, o secretário disse que há dez anos não se constrói em hotel em Fortaleza e citou como barreira a Semace, que dificulta a aprovação de projetos no Estado. 

Para finalizar, Anya Ribeiro agradeceu a presença de todos e marcou a próxima reunião para o dia 30 de maio. Um dos assuntos a ser discutido nas próximas reuniões é a construção do Calendário de Eventos do Ceará.

foto : Ikara Rodrigues (Adece) e Edony Bezerra
por ; Edgony Bezerra 

Compartilhe on Google Plus

Postado por MARIO

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia