Faleceu Paulo Gaudenzi, ex-secretário da Cultura e Turismo da Bahia


Foto: Reprodução / Mercado e Eventos




O ex-secretário da Cultura e Turismo do Estado da Bahia, Paulo Gaudenzi, faleceu aos 74 anos, na tarde desta segunda-feira (4), no Hospital Português, em Salvador. Gaudenzi era economista e empresário. Ele deixa três filhos.

Atualmente era presidente da Salvador Destination. Ao longo da carreira, Gaudenzi proferiu mais de 150 conferências e palestras no País e no mundo. Desde 2007, presta serviço de consultoria para empresas e órgãos dos governos, contribuindo com sua experiência e expertise no setor.


Gaudenzi também criou a Salvador Destination, trabalhou com Guilherme Paulus no relançamento do Hotel da Bahia (como Sheraton) e era consultado por destinos e órgãos de Turismo em todo o Brasil e Exterior.
Master Class em Turismo, Dr. Paulo, em toda sua carreira considerou que não há espaço no mercado para amadores no segmento do Turismo, ou seja, é preciso planejamento para quem deseja investir no ramo ou fazer parte da administração pública. “Como para os governos também é necessário o planejamento, gestão, inovação e capacitação para as ações da iniciativa privada. No mundo competitivo, não está mais sobrando espaço para amadorismo”.

"Esta, sem duvida alguma, é a maior perda que o Turismo Brasileiro já sofreu em toda a sua história, Dr.Paulo, como eu o chamava era um grande amigo, parceiro e Mestre, trabalhamos juntos no INATUR (Instituto Brasileiro de Turismo) e sem qualquer margem de duvida, foi meu melhor aprendizado. Dr. Paulo estava anos luz à frente de qualquer um quando o assunto era turismo, um apaixonado pelo tema. O Setor do Turismo no mundo inteiro perdeu um grande profissional. E o Turismo Brasileiro perdeu um grande profissional, um futurista, um visionário, um apaixonado, um grande ser humano e um grande amigo." afirmou o Sr. Mario Pinho -Vice Presidente do INATUR, Diretor da Revista Fácil Nordeste e Presidente da Concierge Guide.
Compartilhe on Google Plus

Postado por MARIO

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia