Artistas Brasileiros expõem em Aspen nesta temporada de esqui (Brazilian artists exhibit in Aspen during ski season)



    Tropical Molecule, Boesky West, Aspen (CO), 2019

 Opção cultural para os brasileiros que estão aproveitando a temporada de esqui em Aspen, Colorado. A dica é dar uma passada na Marianne Boesky Gallery, que traz a “Tropical Molecule”, exposição dos trabalhos dos brasileiros Hugo França e Thiago Rocha Pitta. 

(A cultural option for those who are enjoying the ski season in Aspen, Colorado, the Marianne Boesky Gallery is presenting  "Tropical Molecule", an exhibition featuring the work of two Brazilian artists: designer Hugo França and artist Thiago Rocha Pitta). 


Diferentes em suas abordagens conceituais e estéticas, Rocha Pitta e França estão unidos pelo compromisso de se envolver e respeitar o ambiente natural, especialmente em seu país de origem, o Brasil. 


(Distinct in their conceptual and aesthetic approaches, Rocha Pitta and França are nonetheless united by a shared commitment to engaging with and honoring the natural environment, especially in their home country of Brazil). 

Em exposição até 31 de março de 2019, a mostra inclui o mobiliário escultural característico de Hugo França, ao lado de uma seleção de aquarelas, afrescos e fotografias de Rocha Pitta. Uma nova escultura de Rocha Pitta também está instalada no exterior da galeria. As obras, juntas pela primeira vez, capturam as fronteiras entre arte e design e destacam a natureza e o tempo como poderosas fontes de inspiração.

(On display until March 31, 2019, the exhibition will include França’s characteristic sculptural furniture alongside a selection of Rocha Pitta’s watercolors, frescos, and photographs.  A new sculpture by Rocha Pitta will also be installed on the exterior of the gallery. Together, the works, which are being shown together for the first time, capture the continuously blurring boundaries between art and design and highlight nature as a powerful source of inspiration across discipline and time)

O nome de Hugo França é sinônimo de formas monumentais e orgânicas. Suas esculturas funcionais, feitas de árvores de pequi descartadas e caídas, seguem as linhas naturais dos troncos, raízes e galhos dos quais são produzidos nos magníficos arredores da Bahia (Brasil).

(França’s name has long been synonymous with monumental and organic forms. His functional sculptures, made from discarded and fallen Pequi trees, follow the natural lines, curves, and patterns of the trunks, roots, and branches from which they are produced in the magnificent environs of Bahia (Brazil). 


                           Hugo França´s work 

Hugo França nasceu em Porto Alegre, em 1954. No início dos anos 80, procurando viver próximo da natureza, mudou-se para Trancoso, na Bahia,  onde viveu por 15 anos. Lá, percebeu o grau de desperdício na extração e uso da madeira, vivência que pautou seu trabalho.

(Hugo França was born in Porto Alegre (Brazil) in 1954. In the early 1980s, seeking a life closer to nature, França relocated from São Paulo to Trancoso, where he was moved by the tremendous and unnecessary waste produced from the extraction and use of wood.) 

Sentindo-se ligado às imponentes árvores do pequi, que podem atingir cerca de 50m de altura e 3m de diâmetro, ele procurou dar-lhes uma nova vida através do seu processo criativo. Hoje, para fazer suas obras, França confia em seu profundo conhecimento do litoral Sul da Bahia, bem como em sua equipe e comunidades locais para encontrar as árvores mortas ou caídas e remanescentes que se tornam seus bancos, cadeiras, mesas e objetos funcionais. Ele foi o ganhador do  “50 For The Future Of Design: The New Tastemakers” House & Garden, Nova Iorque – EUA de 2007)

(Feeling particularly connected to the beautiful Pequi trees, which can grow to be 150 feet in height and 10 feet in diameter, he sought to give them new life through the creative process.Today, to make his works, França relies on his deep knowledge of coastal southern Bahia as well as his team and local communities to find the dead or fallen trees and remnants that become his benches, chairs, tables, and functional objects.He has received the"50 For the Future Of Design: The New Tastemakers", from House & Garden, New York, USA, 2007.)






Thiago Rocha Pitta (nascido em 1980 em Tiradentes, Minas Gerais, Brasil) é amplamente reconhecido como um dos principais artistas contemporâneos do Brasil. Em 2018, foi selecionado para participar da 16ª Bienal de Istambul, organizada pela Fundação de Artes e Cultura de Istambul, e em 2012, ele participou da 30ª Bienal de São Paulo, com sua instalação "A iminencia das poéticas". Seu trabalho tem sido incorporado em colecões publicas, incluindo a do Museu de Arte Moderna de Nova York;Bass Museum of Art de Miami Beach, Hara Museum de Tóquio e o Museu de Arte Moderna de São Paulo (Brasil).

(Thiago Rocha Pitta (born in 1980 in Tiradentes, Minas Gerais, Brazil) is widely recognized as one of Brasil´s leading contemporary artist. In 2018, Rocha Pitta was selected to participate  in 16th Istanbul Biennal, organized by the Istanbul Foundation for Arts and Culture, and in 2012, he presented in the 30th Bienal de São Paulo, with his installation "A iminencia das poéticas".His work has been incorporated into public collecions, including the Museum of Modern Art, New York; Bass Museum of Art, Miami Beach, FL, Hara Museum, Tokyo, and the Museu de Arte Moderna de São Paulo (Brazil).




For more information about Thiago Rocha Pitta, please contact Gallery Partner Adrian Turner at adrian@boeskygallery.com or 212.680.9889. 

For more information about Hugo França, please contact Taís Santos, Agência Guanabara, at tais@agenciaguanabara.com.br or 55 11 98066.7705. 

For press inquiries, please contact Alina Sumajin, PAVE Communications and Consulting, at alina@paveconsult.com or 646.369.2050.


Compartilhe on Google Plus

Postado por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia