ViaMobilidade promove campanha de vacinação contra a febre amarela na Linha 5-Lilás


Ação, que ocorrerá nas estações Capão Redondo e Santo Amaro nos dias 5, 6, 12 e 13 de novembro, visa ampliar a cobertura da imunização na capital

São Paulo -A ViaMobilidade, concessionária responsável pela manutenção e operação das linhas 5-Lilás de metrô e 17-Ouro de monotrilho de São Paulo, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, oferecerá aos passageiros imunização contra febre amarela.

A campanha de vacinação será realizada nas estações Capão Redondo e Santo Amaro nos dias 5, 6, 12 e 13 de novembro, das 14h às 18h. A iniciativa tem como objetivo ampliar a cobertura da imunização na cidade, atualmente em torno de 54,2%.

A dose padrão contra a febre amarela é única e confere imunidade para toda a vida, não havendo necessidade de dose de reforço. A vacina estará disponível para toda a população e pode ser aplicada em bebês a partir dos nove meses de idade, sendo contraindicada para gestantes, mulheres que amamentam crianças menores de 6 meses, pessoas imunodepressivas, como pacientes oncológicos e portadores de doenças crônicas. É recomendável que idosos com 60 anos ou mais passem por uma avaliação médica prévia para saber se podem ou não receber a dose.

Para mais informações a respeito da campanha ou sobre as contraindicações, acesse www.prefeitura.sp.gov.br/saude

Serviço

Vacinação contra febre amarela

5, 6, 12 e 13 de novembro de 2018 – Estações Capão Redondo e Santo Amaro

Horário: das 14h às 18h

Sobre a ViaMobilidade:

A ViaMobilidade é a concessionária responsável pela operação e manutenção da Linhas 5-Lilás de metrô de São Paulo e Linha 17-Ouro de monotrilho. A Linha 5–Lilás é constituída pelo trecho entre as estações Capão Redondo e Chácara Klabin, no total de 17 estações, com interligação para linhas de metrô e da CPTM. Já a Linha 17-Ouro, quando concluída pelo Governo do Estado de São Paulo, ligará a Estação Morumbi à Estação Jardim Aeroporto, contando com oito estações, além de integração com o metrô e a CPTM.
Compartilhe on Google Plus

Postado por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia