Venda de medicamentos cresce 9,7% no ano e atinge marca de R$ 9,8 bilhões

(Foto: Google / Reprodução)

Cresceu a venda de medicamentos e não medicamentos da Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos (Abradilan), entidade que reúne 140 empresas distribuidoras de medicamentos e produtos de higiene pessoal e cosméticos, totaliza, entre janeiro e agosto deste ano, R$ 3,8 bilhões, aumento de 9,7% quando comparado aos oito primeiros meses de 2017, quando atingiram R$ 3,463 milhões. Os dados fazem parte de uma pesquisa da IQVIA a pedido da Abradilan.  

Em agosto último as vendas dos associados da Abradilan atingiram a marca de R$ 512,4 milhões, crescimento de 9,2% em relação a 2017, que alcançou R$ 469,4 milhões. Em unidades, o volume comercializado no oitavo mês de 2018 chegou a 97,3 milhões, diante de 90,9 milhões de 2017, incremento de 7%.

No acumulado dos últimos 12 meses, ou seja, de agosto de 2017 a agosto de 2018, o balanço é muito positivo. As vendas totalizaram R$ 5,6 bilhões, 11,4% mais do que o mesmo período comparativo do ano anterior, quando chegaram a R$ 5 bilhões. Em unidades, foram comercializadas 1.046 bilhão em 2018 e 983 milhões em 2017 de acordo com a IQVIA.

Genéricos e similares em destaque

Na distribuição de segmentos dos produtos na Abradilan em agosto, os medicamentos genéricos e similares representam 42,6% das vendas em valores. Em unidades, o percentual é um pouco maior, 44,3%. Ainda no mesmo mês, a pesquisa apontou que os associados da Abradilan atingem 84% das cerca de 77 mil farmácias no Brasil.
Compartilhe on Google Plus

Postado por Redação Fácil

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia