II Seminário Portugal 360° atrai investidores interessados no país europeu

Da esquerda para a direita: Gustavo Morais (Diretor da Direct Imóveis), Guilherme Grosmann (Diretor da Consultan) e Francisco Patrício (Sócio da Abreu Advogados - Portugal) (Foto: Gleyson Ramos/Divulgação)

Superando o limite de inscrições e expectativas de público, cerca de 300 potenciais investidores e empreendedores compareceram ao II Seminário Portugal 360°, que foi realizado pela Direct Portugal, braço europeu da pernambucana Direct Empreendimentos Imobiliários, na manhã da última terça-feira (25/09), no Hotel Bugan Recife by Atlantica, em Boa Viagem. Diante do sucesso do evento e demonstração de grande interesse pelo público, a Direct Portugal convidou os presentes no seminário para participarem da “Missão a Portugal”, quando levará, no dia 11 de novembro, um grupo de brasileiros para conhecer de perto os modelos de negócios e oportunidades de investimentos em Portugal.

Em meio ao cenário de incertezas político-econômicas que o País vivencia, é cada vez maior a quantidade de brasileiros que buscam por qualidade de vida, segurança e estabilidade econômica em Portugal. Para se ter uma ideia, cerca de 110 mil brasileiros moram legalmente no país europeu hoje e, apenas em 2017, em média, 225 famílias migraram para Portugal como investidoras do mercado imobiliário. 

De acordo com o relatório Global Investment Atlas 2018, as terras lusas receberam um volume total de U$ 2,1 bilhões em transações relativas a investimentos em imóveis somente no ano passado, o que representa um crescimento de 61% em relação a 2016. O Clima ameno, as praias, a qualidade do transporte público, o acesso ao sistema de saúde e de educação, a proximidade cultural e linguística, a segurança nas ruas e a possibilidade de adquirir o visto Golden Visa são algumas das vantagens que chamam a atenção dos brasileiros.
Entretanto, para que o sonho de morar fora do Brasil não se transforme em um pesadelo, é preciso traçar um planejamento adequado antes de fazer as malas, tentar a sorte e partir. 

O II Seminário Portugal 360° reuniu renomados profissionais portugueses com especialidades nas mais diversas áreas de atuação no país europeu. As palestras abordaram todas as etapas necessárias para a realização de um investimento seguro, abrangendo diferenciados modelos de negócios, a curva de valorização do mercado, a tendência de investimentos, os procedimentos jurídicos, contábeis e tributários da legislação portuguesa para cada tipo de investimento, orientações sobre como empreender em Portugal, entre outras soluções e formatos para cada perfil de investidor. Após a programação do seminário, os palestrantes ficaram à disposição do público para tirar dúvidas e aprofundar os temas em atendimento individual. 

A Direct atua há 12 anos no intermédio entre investidores brasileiros e o mercado de Portugal, prestando a consultoria em todas as etapas necessárias. A empresa oferece uma gama de diversificados modelos de negócios consolidados, além de outros formatos que podem ser explorados de forma personalizada, com opções no setor imobiliário, de hotelaria, operações de supermercado ou grandes cadeias internacionais, lojas de empresas multinacionais, empresas da área medicinal e estética, postos de gasolina, companhia de aviação, empresas de segurança de valores, locação de carros, empresas de ônibus, empreendimentos do setor energético - a exemplo de usinas hidroelétricas e parques eólicos -, entre outros negócios. 

“Esses são alguns dos segmentos de produtos e franquias que estamos ofertando para brasileiros em Portugal, com alta rentabilidade e segurança para o investimento”, explica Gustavo Morais.

O II Seminário Portugal 360° também foi palco para o pré-lançamento oficial de um novo hotel residence português de luxo, de bandeira reconhecida internacionalmente. No ano passado, a primeira edição do seminário também trouxe um pré-lançamento, o Sheraton Cascais Resort, que foi sucesso de comercialização no evento e atualmente está com 100% das unidades vendidas.  

O novo Lisboa Residences, pré-lançado no evento, tem marca e gestão de uma das maiores cadeias mundiais de hotéis. O empreendimento ocupa uma quadra inteira em localização singular e mais isolada da região de Belém, às margens do Rio Tejo e rodeada dos mais importantes museus e históricos monumentos da cidade. 

Com retorno de investimento garantido, o Lisboa Residences é compatível com o Programa de Autorização de Residência para Atividade de Investimento conhecido como Golden Visa, através da compra de um imóvel com o valor mínimo de investimento de 500 mil euros. O Golden Visa é uma autorização de residência e permanência em território português para fins de investimento e que permite circulação livre no espaço Schengen (convenção entre países europeus sobre uma política de abertura das fronteiras).

Fonte: Da assessoria de imprensa.

Compartilhe on Google Plus

Postado por Equipe da Redação da Fácil

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia