"Infância Refugiada" da fotógrafa cearense Karine Garcez na Justiça Federal da PB

Karine e as crianças do Oriente Médio (Foto: Arquivo de Karine Garcêz)

A fotógrafa cearense Karine Garcêz, estará expondo a partir de segunda-feira (30) no edifício-sede da Justiça Federal da Paraíba, em João Pessoa a mostra fotográfica “Infância Refugiada”.  A exposição retrata o cotidiano de crianças e adolescentes palestinos refugiados em países como Turquia, Líbano e Síria. Com entrada gratuita, a visitação à exposição será de segunda a sexta, das 9 às 18 horas e prossegue até  o dia 17 de agosto.

 

Natural de Redenção (CE), Karine Garcêz, será inaugurada na próxima segunda-feira (30), no edifício-sede da Justiça Federal na Paraíba, e segue até o dia 17 de agosto. Realizada pela fotógrafa cearense Karine Garcêz, 43 anos, é estudante de Relações Internacionais, se converteu em muçulmana  e presenciou os conflitos da Guerra da Síria e da Faixa de Gaza, na Palestina, onde permaneceu por 45 dias.  Reunindo 27 fotos de um total de mais de três mil, a mostra registra a situação dramática de uma parcela de refugiados vítimas dos conflitos na região ainda no período da infância.
Crianças nos campos de refugiados da Síria  (Foto: Karine Garcez)

Em 2014, a fotógrafa viajou a Arabia Saudita, onde participou da Hajj, a peregrinação a Meca.

Nesta exposição Karine contou com o apoio da Ong Al Wafaa Campaing, da Holanda, em suas idas aos campos de refugiados desde 2012.

A artista já realizou exposições no Museu da Imagem e do Som, em Fortaleza (CE) e na Holanda. Viabilizada em parceria com o projeto Fotografia Tátil da Universidade Federal do Ceará (UFC), a exposição Infância Refugiada já percorreu várias cidades brasileiras.

Segundo estimativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), existem cerca de 50 milhões de crianças e adolescentes no mundo deslocadas de suas terras.

SERVIÇO:
EXPOSIÇÃO: Infância Refugiada
Edifício Sede da Justiça Federal da Paraíba (João Pessoa)
De: 30 de Julho a 17 de Agosto
Entrada Franca

Compartilhe on Google Plus

Escrito por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia