Diversidade 2018



Diversidade 2018

O Instituto Ethos e a revista Exame anunciam o lançamento do Guia Exame Diversidade 2018, uma publicação pioneira no Brasil, que tem o objetivo de analisar e reconhecer publicamente as melhores práticas de diversidade e inclusão adotadas pelas empresas brasileiras. A primeira edição do periódico vai eleger, entre as melhores, a companhia vencedora do Guia Exame Diversidade 2018, o maior destaque do guia.

A partir da análise do desempenho geral, setorial e por aspecto de diversidade, os participantes vão ser reconhecidos por sua atuação em prol da equidade de gênero, da equidade racial, da inclusão da pessoa com deficiência e da promoção dos direitos LGBTI+.

O guia vai avaliar também o desempenho quantitativo das empresas, que apresentarão o perfil de diversidade da liderança e de seus quadros funcionais, sendo que o peso da avaliação dos dados quantitativos e qualitativos será de 30% e 70%, respectivamente.

Segundo Ana Lucia Melo Custódio, gerente executiva de gestão para o desenvolvimento sustentável do Instituto Ethos, atualmente não há um instrumento desse tipo no Brasil. “O guia poderá nos dar um panorama sobre os gaps e os avanços das empresas, ao mesmo tempo que estimula maior adoção das práticas por parte das companhias nesse sentido”, diz a executiva.

O guia pretende mostrar que ser inclusivo é mais do que ter empregados de diferentes origens em seus quadros, é permitir o convívio respeitoso às diferenças. “Ao transmitir esse conceito no dia a dia do trabalho, há a possibilidade de reverberar essas noções para a sociedade como um todo. Trata-se de um ciclo virtuoso, no qual as empresas são chave para que isso se fortaleça cada vez mais”, avalia Custódio.

A iniciativa conta com o apoio das principais ações coletivas que tratam desses aspectos de diversidade nas empresas: a Coalizão Empresarial pela Equidade Racial e de Gênero, o Fórum LGBT, o Movimento Mulher 360 e a Rede Empresarial de Inclusão Social. Além de estimular a participação das empresas desses fóruns para o processo do Guia Exame Diversidade 2018, as secretarias-executivas dessas ações coletivas definirão, em conjunto com a Exame e o Instituto Ethos, estratégias para as etapas de apuração jornalística e para a avaliação final dos resultados. “Entendemos que essa iniciativa vai apoiar a consolidação da diversidade e inclusão nas empresas. Estamos muito felizes em contar com o apoio do CEERT, da Coalizão Empresarial para Equidade Racial e de Gênero, do Fórum Empresas e Direitos LGBT, do Movimento Mulher 360, e da Rede Empresarial de Inclusão Social no fortalecimento desse processo”, conta Caio Magri, diretor presidente do Instituto Ethos.

Metodologia
Com metodologia desenvolvida a partir da adaptação da série de guias temáticos desenvolvidos pelo Instituto Ethos e parceiros, o Guia Exame Diversidade 2018 avaliará o nível de maturidade das empresas na promoção de diversidade e inclusão social. “Os guias temáticos Ethos são uma ferramenta de gestão para apoiar as empresas na incorporação da sustentabilidade e da responsabilidade social empresarial (RSE) em suas estratégias de negócio”, diz Magri.

O Instituto Ethos desenvolve, desde sua fundação, uma série de referências para as companhias brasileiras sobre diversidade. “Ao apoiar com a metodologia de avaliação e estimular a participação de suas empresas associadas, deseja que mais companhias desenvolvam ações de promoção da diversidade, incorporando-a em suas estratégias de negócio”, finaliza Magri.

Sobre o Ethos
O Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, que completa 20 anos neste 2018, tem a missão de mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas a gerirem seus negócios de forma socialmente responsável, tornando-as parceiras na construção de uma sociedade justa e sustentável.
A organização trabalha com questões relacionadas à ética, desde sua fundação, em 1998. O Pacto Empresarial pela Integridade e Contra a Corrupção, criado em 2006, vem estimulando o setor empresarial a incorporar práticas de integridade em seus planos de negócio. As temáticas dos direitos humanos e da igualdade de gênero e raça também são abordadas na Coalizão Empresarial para Equidade Racial e de Gênero. Além disso, em 2009, o instituto fundou o Fórum Clima, que engaja empresas na busca por soluções para a alteração do c
Compartilhe on Google Plus

Postado por silvioromerojornalista

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia