Esquadrilha da fumaça em Recife

No local onde a cidade de Recife nasceu, conhecido como Marco Zero, à beira do Cais do Porto, mais de 40.000 pessoas vibraram com as 50 manobras e acrobacias da Esquadrilha da Fumaça.

O tempo ajudou e o céu sobre a cidade estava propício para a perfeita visualização das sete aeronaves A-29 e os rastros brancos de todas as manobras, que recebia os gritos do público a cada acrobacia, cruzamento e passagem. A praça cheia indicava a saudade e a expectativa dos recifenses em receberem uma nova demonstração: a última apresentação do Esquadrão na capital pernambucana foi há seis anos, quando ainda era utilizado o modelo anterior de aeronave que equipava o time, o T-27 Tucano.

Muito emocionada com a apresentação, a aposentada Maria Marlene dos Santos, de 70 anos, assistia pela primeira vez uma demonstração da Esquadrilha da Fumaça: “É tudo muito lindo, meu Deus!”, sem tirar os olhos do céu, espremida em meio ao público e parecia não se incomodar com o aperto.

Nas palavras do Brigadeiro Walcyr Araújo, Comandante do Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle do Tráfego Aéreo III (Cindacta 3), a demonstração da Esquadrilha da Fumaça “é uma oportunidade de estar próximo ao nosso povo, até porque somos muito bem acolhidos aqui no Recife”, e completa que é missão institucional do Esquadrão divulgar a Força Aérea Brasileira.

A Esquadrilha da Fumaça segue o seu Circuito pelas regiões Nordeste e Norte do país, dos dias 12 a 30 de julho. A próxima parada será na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, onde fará uma demonstração no dia 20. Mais informações podem ser encontradas nas mídias sociais oficiais da Fumaça.
Texto e Imagens: Tenente Marcus Lemos
Compartilhe on Google Plus

Postado por silvioromerojornalista

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia