cabos vulcanizados para até altas temperaturas

Tecnologia Cofibam dispõe de cabos vulcanizados para até altas temperaturas e que dispensam o uso de fibra de vidro 

Líder nacional em cabos vulcanizados destaca personalização e alta resistência mecânica dos cabos 

Empresa líder nacional na produção de cabos vulcanizados, atua com amplo portfólio de cabos unipolares, que suportam altas temperaturas, e em alguns casos eliminam o uso da trança de fibra de vidro de filamento contínuo, não existindo nenhum composto ou cabo similar ainda no mercado. Os itens disponibilizados, todos passíveis de atuação nas áreas ferroviária, náutica, automobilística, Oil & Gás, Ship Building, motores elétricos e demais setores contam com fornecimento personalizado de itens e fabricação de peças sob demanda do cliente. Confira abaixo um pouco do portfólio Cofibam.
Cabo Cofidox-Radoxil
O cabo Cofidox-Radoxil possui alta resistência térmica (-40 a +150 °C), mecânica, elétrica, alta resistência ao ataque de produtos químicos e óleos em geral. Capazes de oferecer tensões que variam entre 0,6/1kV, 1,8/3kV e 3,6/6kV, dispõem de dupla isolação, baixa emissão de fumaça, baixa toxicidade, são retardantes à chamas, não halogenados, resistentes ao óleo, ozônio, rasgamento, abrasão e intempéries.
Cabo Cofialt-3
Os cabos Cofialt-3 disponibilizam tensão de 3kV, com temperaturas de operação entre -60°C e 200°C, podem ser duplamente isolados, não halogenados, oferecem baixa emissão de fumaça e toxidade, são retardantes às chamas, resistentes à óleos tipo IRM-901 e IRM-902, ozônio e intempéries.
Cabos Cofidox-Radoxil e Cofialt-3
As opções Cofidox-Radoxil e Cofialt-3 são fáceis de instalar, trazem alta flexibilidade e facilidade de decape. As soluções podem ser adquiridas por empresas fabricantes do setor de ferrovias e os projetos são atendidos conforme demanda operacional do cliente.
Cabos LM-NH 85, Cofinav R90X e Cofinav R90XTFX
Estes atendem as normas IEC, possuem certificação B.V. – A.B.S., não são halogenados e retardam chamas (ACH). Todos são compostos por condutor de cobre estanhado, classe de encordoamento que variam entre 2 ou 5, isolação HFEPR, possuem cobertura de composto poliolefínico, blindagem opcional nas opções Cofinav R90X e Cofinav R90XTFX, suportam temperaturas de até 90°C e tensão de 0.15 a 0.25kV. Somente o Cofinav R90XTFX tem na capa interna a opção do composto poliolefínico e aço galvanizado na armação. Aplicação utilizada em: circuitos de iluminação, controle e sinalização em instalações onde haja necessidade de cabos isentos de halogênio.
Cabos MR90X, MR90XTFX
Atendem as normas IEC, possuem certificação B.V. – A.B.S., não são halogenados e retardam chamas (ACH). Todos são compostos por condutor de cobre estanhado, classe de encordoamento que variam entre 2 ou 5, isolação HFEPR Fita Mineral, possuem cobertura de composto poliolefínico, blindagem opcional, suportam temperaturas de até 90°C e tensão de 0.15 a 0.25kV. Somente o MR90XTFX tem na capa interna a opção do composto poliolefínico e aço galvanizado na armação. Aplicação utilizada em: circuitos de iluminação, controle e sinalização em instalações de segurança, onde hajam a necessidade de cabos isentos de halogênio e resistentes ao fogo.
Cabos LM-NH85, Cofinav R90X, Cofinav R90XTFX
Estes atendem as normas IEC, possuem certificação B.V. – A.B.S., não são halogenados e retardam chamas (ACH). Todos são compostos por condutor de cobre estanhado, classe de encordoamento que variam entre 2 ou 5, isolação HFEPR, possuem cobertura de composto poliolefínico, blindagem opcional nas opções Cofinav R90X e Cofinav R90XTFX, suportam temperaturas de até 90°C e tensão de 0.6 a 1.0kV. Somente o Cofinav R90XTFX tem na capa interna a opção do composto poliolefínico e aço galvanizado na armação. Aplicação utilizada em:circuitos de energia e controle em instalações onde haja necessidade de cabos isentos de halogênio.
Cabos MR90X, MR90XTFX
Atendem as normas IEC, possuem certificação B.V. – A.B.S., não são halogenados e retardam chamas (ACH). Todos são compostos por condutor de cobre estanhado, classe de encordoamento que variam entre 2 ou 5, isolação HFEPR Fita Mineral, possuem cobertura de composto poliolefínico, blindagem opcional nas duas opções, suportam temperaturas de até 90°C e tensão de 0.6 a 1.0kV. Somente o MR90XTFX tem na capa interna a opção do composto poliolefínico e aço galvanizado na armação. Aplicação utilizada em: circuitos de energia e controle em instalações de segurança onde haja necessidade de cabos isentos de halogênio e resistentes a fogo.

Sobre a Cofibam
Fundada no Brasil em 1973 com o propósito de ser uma indústria de condutores elétricos e atuar em um mercado pouco explorado, hoje ocupa a liderança nacional na fabricação de cabos especiais. Em 1993 foi adquirida pelo Grupo Lopesco, passando a atender setores anteriormente não atendidos. Seu histórico de perseverança e uma equipe altamente qualificada lhe garantem mais de 30 projetos homologados junto às maiores certificadoras de produtos mundiais, além do Prêmio Top Engenharias 2018 – que elege as melhores empresas brasileiras em engenharia.
Saiba mais em:
Compartilhe on Google Plus

Escrito por silvioromerojornalista

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia