Setur realiza seminário e faz projeção para a chegada de novos voos

A palestra de Valter Patriani traçou o perfil do turista da CVC

O momento é único para o Ceará com a inauguração do centro de conexões da Air France- KLM e Gol em Fortaleza, em maio deste ano, consolidando a capital cearense como hub regional de voos nacionais e internacionais. O acontecimento abriu as portas do Ceará para o mundo, com 47 frequências semanais internacionais programadas para 13 destinos até o final de 2018. 

Atualmente, o Estado recebe cerca de 300 mil turistas estrangeiros por ano. Com os novos voos, a expectativa é de um aumento entre 60 e 70 mil visitantes internacionais por ano. Com a implantação do hub, o turismo doméstico terá um aumento de 1,5 milhão de passageiros/ano. Já são 80 voos nacionais diários operados pela Gol e Latam. Até o final do ano serão 100 frequências diárias.


Canoa Quebrada ganha a preferência dos turistas da CVC

Diante desta realidade, a Secretaria do Turismo do Ceará realizou hoje (28), o seminário Novos Turistas Novos Desafios, no Centro de Eventos, em Fortaleza. Compareceram cerca de 700 pessoas de diferentes segmentos, empenhadas em adquirir capacitação para gerir seus negócios de forma positiva. A programação foi intensa e trouxe ao Ceará renomados palestrantes para a abordagem de temas diversos.

O painel “Comportamento e necessidades do turista europeu e sul-americano” despertou meu interesse pela abordagem simples e verdadeira do Diretor Executivo de Produto Aéreo e Marítimo da CVC, Valter Patriani. O palestrante traçou um perfil dos clientes da operadora que visitam o Ceará. A preferência de 97% é praia, 48% dos clientes são mulheres, 36% homens e 16% crianças. Patriani destacou a importância de ter opção para as crianças, para que as mães possam desfrutar melhor a viagem.


Lagoa do Paraíso, atração em Jericoacoara

No período de janeiro a maio de 2018, 144 mil turistas vieram ao Ceará, o terceiro destino em vendas. Bahia e Pernambuco estão na frente. A média de idade dos visitantes é de 36 a 50 anos. A maior procedência é de São Paulo (47%). Os emissores seguintes são Rio de Janeiro, Minas e Paraná, com apenas 5% cada. 90% dos turistas da CVC ficam na Grande Fortaleza: Capital, Cumbuco e Porto das Dunas. Os destinos mais queridos são Fortaleza, Jericoacoara e Canoa Quebrada, pela ordem. Praia do Futuro, Cumbuco e Porto das Dunas são as praias preferidas. Num raio de 200 quilômetros de Fortaleza, as preferidas são Canoa Quebrada, Águas Belas, Lagoinha, Morro Branco e Mundaú.

Patriani disse que 90% dos turistas ficam em hotéis da Avenida Beira-Mar. Esta preferência abriu espaço para um comentário do palestrante, que considera os hotéis desta área mais voltados para o público executivo. São hotéis muito sérios, sem detalhes que os tornem atraentes.

Simpático e feliz por ter recebido o título de “Cidadão fortalezense” em outra oportunidade, Patriani fez algumas observações: manter as praias limpas, inovar na gastronomia com pratos regionais e preservar o jeito cearense de ser. Para ele, Deus fez quase tudo, precisamos fazer a nossa parte. Como colaboração, Patriani sugeriu que não elevassem os preços e disse que num hotel da Avenida Beira-Mar (não mencionou o nome) ele pagou R$ 8,25 por uma garrafa de água mineral de 300 ml. Verdadeiramente absurdo.
Compartilhe on Google Plus

Postado por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia