Novos voos: secretário Arialdo Pinho inicia série de reuniões com setores ligados ao turismo



Novos voos: secretário Arialdo Pinho inicia série de reuniões com setores ligados ao turismo
As reuniões visam o melhor aproveitamento possível dos novos voos que chegarão ao Ceará até o fim deste ano

O secretário do Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, iniciou nesta terça-feira (8) uma série de reuniões com setores que serão diretamente impactados com os novos voos nacionais e internacionais que chegarão a Fortaleza até o fim deste ano. O objetivo é fazer com que o turista seja melhor recebido e também que o empresário cearense aproveite as oportunidades que vêm com os voos.

Na manhã desta terça-feira (8), se reuniu com a Câmara Setorial Imobiliária da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece) e apresentou as ações que estão sendo realizadas pela Secretaria do Turismo do Ceará (Setur), além de mostrar as possibilidades de negócios no setor a partir dos novos voos internacionais e nacionais.


"Queremos que todos os setores envolvidos de alguma forma com o turismo estejam em harmonia para aproveitar esse momento da melhor forma. Estamos nos disponibilizando para atuarmos em conjunto com setores como hotéis, restaurantes, empresas, guias e todos os demais ligados ao turismo", reforça o secretário.

No início desta tarde, Arialdo Pinho se reuniu com integrantes da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) no Ceará. "Não podemos deixar de aproveitar essa oportunidade de estarmos a uma conexão de qualquer lugar do mundo. Precisamos trabalhar juntos pra que o Estado cresça como um todo na área do turismo", completa o secretário.

Até o fim deste ano, o Ceará passará a receber 47 frequências semanais internacionais para 14 destinos. No início deste ano, eram 14 frequências semanais para 8 destinos no exterior. Além disso, a GOL passará de 21 voos diários para 40 voos diários até o fim deste ano e 50 voos diários até 2019.
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia