Brasil deve chegar a 19 milhões de turistas internacionais em 2022


Crescimento superior a 300% se dará a partir da aprovação da Nova Lei Geral do Turismo, debatida nesta segunda-feira, 21, por empresários do trade baiano

Com a aprovação, pela Câmara de Deputados, da Nova Lei Geral do Turismo, o número de visitantes no Brasil deverá pular de 6 milhões para 19 milhões em apenas quatro anos. A afirmação é do presidente da Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados, Paulo Azi, que participou, nesta segunda-feira, 21, no Bahia Othon Palace Hotel, de um debate junto a empresários do trade baiano.

Promovido pelo Conselho Baiano de Turismo – CBTur, em parceria com a Salvador Destination, o evento debateu as propostas da nova lei, que deve ser votada até junho, na Câmara dos Deputados. Um dos pontos de destaque é a ampliação de até 100% para a participação de capital estrangeiro nas empresas aéreas brasileiras. "Essa proposta vai elevar o número de voos regionais, aumentando a concorrência e diminuindo o preço das passagens", destaca o deputado Paulo Azi. Outro item da nova lei é a transformação da Embratur em uma autarquia, permitindo que ela possa vender o Brasil no exterior com mais agilidade, frisa Azi. 


Composta por 109 artigos, a Nova Lei Geral do Turismo prevê a desburocratização da atividade turística, visando a modernização do setor no Brasil, considerado um dos mais expressivos da economia, responsável por cerca de 9% do PIB do país. "Os empresários do turismo precisam se posicionar de forma mais proativa e direta, reivindicando de nossos deputados maior segurança jurídica para que possamos gerar mais negócios, promover mais renda e aumentar o número de emprego", ressaltou Roberto Duran, presidente do Conselho Baiano de Turismo – CBTur e também da Salvador Destination.

O encontro contou com a participação do secretário municipal de Cultura e Turismo, Claudio Tinoco; do presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo da Câmara de Vereadores, Ricardo Almeida; do deputado estadual Pablo Barroso, e do presidente do Sebrae-Bahia, Jorge Kouri.

Compartilhe on Google Plus

Escrito por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia