Governo pode arrecadar R$ 30 bilhões com legalização dos jogos




A legalização dos jogos no Brasil foi tema de palestra no Fórum Gramado de Estudos Turísticos, realizado em Gramado – RS, de 12 a 14 de abril. O presidente do Instituto Brasileiro Jogo Legal, Magnho Santos de Souza, estimou que a legalização dos cassinos poderia render R$ 30 bilhões aos cofres do Governo Federal. No cálculo de Santos de Souza, R$ 20 bilhões viriam com a arrecadação de tributos e R$ 10 milhões através das outorgas para a instalação dos cassinos.

Durante o painel, Santos de Souza reconheceu que nunca, desde 1946, o Brasil esteve tão perto de liberar os cassinos, já que o projeto está avançando na Câmara dos Deputados. Ele afirmou, também, que o Estado não ganha com a proibição, tendo em vista que jogos ilegais como o do Bicho movimentam cerca de R$ 20 bilhões anuais no país. Somados aos R$ 14,1 bilhões das loterias gerenciadas pela Caixa, o total de apostas é de R$ 34,1 bilhões, estimou o presidente do Instituto Jogo Legal.

Segundo Santos de Souza, de acordo com o projeto em tramitação, hoje haveria espaço para cassinos somente em São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal. Ele defendeu, no entanto, a implantação de casa de jogos em cidades turísticas e estâncias hidrominerais, em espaços menores e com diversas modalidades. "Jogo é que nem gastronomia: cada um gosta de um tipo de comida", comparou.

por Edgony Bezerra
http://www.edgonyonline.com.br
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia