Hotel Ritz de Madri fecha as portas para reforma milionária


                                   Hotel  Ritz de Madri  (Foto: divulgação)


O  Hotel Ritz de Madri construído há 107 anos por iniciativa do Rei Alfonso XIII da Espanha vai fechar as portas no próximo dia 28 de fevereiro para reforma milionária.

A previsão é que a reforma custe em torno de 90 milhões de euros (320 milhoes de reais) e para isso o hotel deverá ficar fechado até o final de 2019.

               Christian Tavelli, diretor do Hotel Ritz de Madri (Foto:divulgação)

Segundo Christian Tavelli que assumiu a direção do hotel em 2013, o Hotel Ritz que pertence a cadeira Mandarin Oriental  depois da reforma será um dos hotéis mais luxuosos do mundo e vai devolver o esplendor que era desde o início de 1910.

                                  Lobby  do hotel em 1930  (Foto: arquivo Ritz)


     Lobby do hotel atual antes de fechar para a reforma (Foto: Hotel Ritz)


Com 106  apartamentos e suítes, pelo Ritz de Madri já estiveram hospedados celebridades e políticos como o Príncipe Ranier e Princesa Grace Kelly de Mônaco. Aqui se hospedou a espiã Mata Hari, bem como o cantor Frank Sinatra que veio com sua noiva de então a atriz Ava Gardner.

Localizado diante do Museu do Prado, o Hotel Ritz de Madri é uma referência mundial e um dos melhores lugares para se hospedar no mundo.

A Grande Dama como o hotel é conhecido depois da reforma retornará ainda mais luxuosa.

Outros hóspedes que passaram pelo hotel foram o Imperador da Etiópia, Hailé Salessié que era adorado como um Deus; o ditador espanhol Franco, Alexander Fleming o inventor da penicilina, o escritor Ernest Hemingway, atrizes Michelle Pfeiffer, Demi MooreClaudia Cardinale e os atores Anthony Hopkins,  Richard Gere e James Stewart.  
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia