Segunda boate é alvo de tiros na Grande Fortaleza em 24 horas

Boate na Grande Fortaleza foi alvo de vários tiros (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)



Uma boate foi atacada por homens em dois carros, na noite deste domingo (28), um dia após à chacina das Cajazeiras, com a morte de 14 pessoas. De acordo com a polícia, o ataque à boate Panteras, no município de Horizonte, às margens da BR-116, na Região Metropolitana de Fortaleza, ocorreu por volta das 21h.


As marcas dos tiros ficaram marcadas nos muros da boate e no portão. Segundo os moradores, os homens passaram atirando, mas ninguém ficou ferido. Os atiradores fugiram, e os vizinhos não querem falar sobre o assunto com medo de represálias. A polícia também não sabe os motivos do ataque.

Parede e portão da boate ficou com marcas de tiros (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

Segundo ataque a boates

O ataque à boate Panteras ocorreu um dia após o massacre na casa de shows Forró do Gago, no Bairro Cajazeiras, periferia de Fortaleza. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SPPDS), 14 pessoas foram assassinadas, na maior chacina do estado. Segundo testemunhas, o crime foi motivado por conflito entre facções criminosas que atuam no estado.

Conforme testemunhas relataram a policiais, vários homens armados em três veículos dispararam em que viam pela frente. Entre as vítimas estavam um trabalhador que vendia cachorro-quente em frente ao local e um motorista de Uber que deixava passageiro na festa.
Compartilhe on Google Plus

Postado por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia