Costa Cruzeiros treina agentes a bordo do Costa Favolosa em Recife


Grupo de agentes do Recife com equipe da Costa Cruzeiros no Costa Favolosa


O navio Costa Favolosa, da Costa Cruzeiros, chegou ao Brasil na última sexta-feira (8), no Recife (PE), vindo de Savona, na Itália, para dar início à temporada sul-americana. A primeira saída no Brasil será no próximo dia 14, em Santos (SP). Antes disso, a armadora está realizando treinamentos a agentes de viagem no transatlântico. São cerca de 240 agentes treinados, de Recife (PE), Maceió (AL), Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP).

Os eventos acontecem durante as paradas do navio em cada cidade, e os agentes passam o dia na embarcação. Na sexta-feira (8), o grupo era do Recife. No sábado (9), foi a vez dos agentes de Maceió e, no domingo, os de Salvador. Os próximos serão no Rio de Janeiro, na quarta-feira (13), e em Santos, na quinta-feira (14). Além do treinamento, eles participam de um ship visit (visita ao navio), para conhecer as instalações. O Brasilturisacompanha os treinamentos com exclusividade.

O Costa Favolosa cumpre o itinerário que teve início dia 24 de novembro, em Savona, Itália, e termina dia 14 de dezembro, em Santos.

Novidades da temporada

Às vésperas de completar 70 anos (em 2018), a armadora italiana apresenta suas novidades. Uma delas é o cruzeiro premium, explica Alex Calabria, gerente de vendas e marketing para o Brasil. “É um cruzeiro em que os pontos de embarque e desembarque são diferentes. Estamos trazendo para o Brasil este conceito que já existe lá fora.”

Será possível viver a experiência no navio Costa Fascinosa, saindo de Buenos Aires no dia 25 de fevereiro e chegando ao Rio de Janeiro em 4 de março, parando em Montevidéu, Ilha Grande e Búzios. Outra opção é embarcar no Rio de Janeiro em 4 de março e desembarcar em Buenos Aires em 11 de março, com paradas em Ubatuba, Ilhabela e Punta del Este.

Outra novidade da armadora é o pacote Air&Sea, que combina cruzeiros com passagens aéreas a preços até R$ 1.800 mais baratos do que o valor de mercado. Estes pacotes estão disponíveis para o cruzeiro premium e para cruzeiros no Caribe, Mediterrâneo e norte europeu. O pacote inclui traslado do aeroporto para o navio e vice-versa.

A inclusão de Balneário Camboriú (SC) como porto de escala para os cruzeiros do Costa Favolosa também é novidade. Dos seis minicruzeiros programados para a temporada, três farão paradas inéditas no destino, com a opção de compra de excursão para o parque Beto Carrero World.

Pela primeira vez, dois cruzeiros temáticos de sucesso se uniram e deram origem ao cruzeiro “Fitness e Bem-estar”, no Costa Favolosa, com saída em 25 de fevereiro, de Santos (SP).

Outro temático de sucesso é o “Dançando a Bordo”, que tem como padrinho o dançarino Carlinhos de Jesus e chega à 15ª edição. O cruzeiro parte de Santos no dia 3 de março e tem oito noites.

O projeto “Emoções em Alto-Mar” volta a um navio da Costa, o Favolosa, entre os dias 31 de janeiro e 4 de fevereiro, saindo de Santos (SP) e visitando destinos como Rio de Janeiro, Ilhabela e Angra dos Reis.

Foco em internacional

Além de todas essas novidades, os agentes treinados puderam conhecer um pouco dos roteiros internacionais da armadora, como o que passa por Dubai, Oman e Emirados Árabes e o que navega no oceano Índico. Também há novos itinerários a bordo do Costa Victoria, passando por Tailândia, Singapura e Camboja, e o Costa Neoromântica, que passa por Japão, Taiwan e Coréia do Sul. A empresa também possui o cruzeiro de Volta ao Mundo, com 106 noites de duração.

“Queremos focar no internacional, pois identificamos que a Costa não é lembrada neste segmento, apesar de ser reconhecida pelo preço e pela qualidade no Brasil”, diz Calabria. Para isso, a empresa customizou dois navios (Diadema e Luminosa) para o público brasileiro, com mais tripulantes falando português.

Em 2018, a Costa deve receber seu novo navio, o Smeralda, para 6.554 pessoas, o maior do mundo em capacidade. Ele será movido a GNL (Gás Natural Liquefeito), um combustível menos agressivo ao meio ambiente. O Venezia é outro navio em construção, que deverá ficar dedicado ao mercado asiático.

Por Larissa Coldibeli*
Compartilhe on Google Plus

Postado por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia