No Nordeste apenas PB, AL e Ceará melhoraram o desempenho de 2017



Segundo a edição de 2017 do Ranking de Competitividade dos Estados, apenas três estados do Nordeste- Paraíba, Ceará e Alagoas melhoraram o desempenho este ano em comparação ao ano passado.

Os outros estados foram– Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Acre e Rondônia, além do Distrito Federal.

O estudo, idealizado e produzido pelo Centro de Liderança Pública (CLP), em parceria com a Tendências Consultoria Integrada, é o mais completo do gênero no País e avalia anualmente, desde 2011, a performance dos 26 Estados e do Distrito Federal em dez pilares – capital humano, educação, eficiência da máquina pública, infraestrutura, inovação, potencial de mercado, segurança pública, solidez fiscal, sustentabilidade ambiental e sustentabilidade social.

Os pilares são compostos por 66 indicadores apurados por instituições de referência, como o IBGE, o Ipea (Instituto de Planejamento de Economia Aplicada, ligado ao Ministério do Planejamento) e a Secretaria do Tesouro Nacional (ler texto sobre critérios da avaliação).

“A pesquisa inclui indicadores que refletem não apenas o desempenho financeiro dos Estados, mas como eles entregam os serviços demandados pela população”, diz Luana Tavares, diretora executiva do CLP, especializada em gestão organizacional e projetos de melhoria de gestão pública.

A Paraíba deve a alta de sua nota em 2017 principalmente ao desempenho na área de educação.



Compartilhe on Google Plus

Escrito por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia