PORTO DE GALINHAS TÊM 66% DE OCUPAÇÃO NO SEMESTRE

A taxa média foi de 70% em julho

Visitantes permanecem em média seis dias no destino

A ocupação da rede hoteleira de Porto de Galinhas se manteve estável no primeiro semestre de 2017. Entre janeiro e junho, a ocupação média foi 66%, um ponto percentual abaixo do índice registrado nos seis primeiros meses de 2016. Em julho, mês de férias escolares, a taxa foi de 70% contra 69,5% do mesmo mês de 2016. O dado foi divulgado pelo Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau.

Para Otaviano Maroja, presidente do conselho da entidade, o resultado reflete o esforço da cadeia turística na promoção de campanhas de marketing e de valores promocionais, apoiados pelos canais de compras online e operadoras de viagem nacionais e latinoamericanas. “Com o desaquecimento do mercado, os hotéis adotaram políticas de descontos e maior oferta de serviços nas diárias para sustentar os bons índices”, explica.

O dirigente avalia ainda que a baixa cotação do dólar estimulou o gasto do turista no exterior e acirrou a disputa com destinos nacionais. Dados do banco central mostram que as viagens internacionais cresceram 34% em maio deste ano, na comparação o mesmo período de 2016.

De acordo com a pesquisa realizada pela Universidade Federal de Pernambuco e oPorto de Galinhas CVB, o tempo médio de permanência dos viajantes é de 5,82 dias. Já o Gasto Médio Individual Diário (GMID) é de R$ 407.

Sobre o Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau

O Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau é uma associação privada sem fins lucrativos, congregando empresas que representam todos os segmentos ligados à atividade turística. Seus objetivos são a ampliação do número de visitantes e o aumento do tempo de estada no destino, por meio de ações de promoção, capacitação profissional, captação, geração e incremento de eventos de lazer e de negócios. Para isto, a entidade trabalha para integrar setores da sociedade em parcerias público-privadas, contribuindo para dinamizar o mercado de consumo e o desenvolvimento econômico local. Quinto destino de lazer mais visitado do país e o primeiro do Estado de Pernambuco, o balneário é considerado a melhor praia do Nordeste, de acordo com a pesquisa DataFolha. Durante 11 anos consecutivos, foi reconhecido pelos leitores da revistaViagem & Turismo como a melhor praia do Brasil.
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia