Os melhores prefeitos das capitais do nordeste


Roberto Claudio de Fortaleza, melhor prefeito de capital do nordeste
Foto: Divulgação

O Conselho Federal de Administração (CFA) em parceria com os conselhos regionais de Administração (CRA) premiaram os melhores prefeitos das capitais do nordeste, durante o II Fórum Paraibano de Gestão Pública, que acontece em Campina Grande nos dias 27 e 28 de julho, no auditório da Federação das Indústrias do Estado (Fiep).

Em primeiro lugar ficou o prefeito de Fortaleza (CE), Roberto Claudio, seguido por Luciano Cartaxo, de João Pessoa e Firmino Filho, de  Teresina (PI), Aracaju (SE), e Salvador (BA). 

Nas últimas posições ficaram os prefeitos do, Recife (PE), São Luís (MA), Natal (RN) e Maceió (AL).

    Luciano Cartaxo, de João Pessoa, segundo melhor prefeito de capital do nordeste
                                                Foto: Alessandro Potter

A escolha dos prefeitos foi baseado no Índice de Governança Municipal. Este indicador de eficiência do setor público foi lançado nacionalmente.
O IGM-CFA, como é denominado o novo indicador, leva em consideração três dimensões importantes para a eficiência das gestões municipais: Gastos e Finanças Públicas; Qualidade da Gestão; e Desempenho em áreas como saúde, educação, planejamento urbano, articulação institucional, gestão fiscal, habitação e recursos humanos.
 Os títulos foram entregues pessoalmente pelos presidentes do Conselho Federal de Administração, Wagner Siqueira, e do Conselho Regional de Administração (CRA-PB), Geraldo Tadeu Indrusiak da Rosa.
João Pessoa assumiu o topo, entre as dez cidades paraibanas, com nota 0,622 (o índice vai de zero a 1.  
Segundo Luciano Cartaxo,prefeito de João Pessoa, e o segundo melhor do nordeste, este reconhecimento é fruto de um modelo de gestão por resultados implantado ainda no início do seu primeiro governo, em 2013, com a criação do escritório de projetos e adoção de um sistema de metas e acompanhamento das ações, que inclusive foi premiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no ano passado, no México, como uma das melhores experiências de gestão por resultados implementadas na América Latina.

Mais resultados - O reconhecimento da gestão de João Pessoa também se dá em outras áreas, a exemplo do estudo divulgado pela revista Exame e que aponta a capital paraibana como a melhor cidade para se viver no Nordeste, de acordo com ranking elaborado pela consultoria Macroplan. Experiências como a do estímulo ao empreendedorismo, por meio do Banco Cidadão e do projeto Sereias da Penha, levaram o Sebrae a reconhecer Luciano Cartaxo como prefeito empreendedor. 
Além disso, João Pessoa é apontada como uma das cidades mais transparentes do Brasil e da Paraíba pelo Tribunal de Contas do Estado e a Controladoria Geral da União.


Compartilhe on Google Plus

Escrito por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia