Bisneto de Niemeyer diz que João Pessoa está no roteiro das grandes obras do arquiteto

Paulo Niemeyer, bisneto de Oscar Niemeyer em palestra em João Pessoa
Foto: CMJPJ


O arquiteto e urbanista Paulo Sérgio Niemeyer, presidente do Instituto Oscar Niemeyer esteve em João Pessoa proferindo palestra na Câmara Municipal de João Pessoa. 

Bisneto do renomado arquiteto brasileiro, expoente internacional, Paulo Niemeyer disse que João Pessoa está no roteiro das grandes obras de seu bivavô devido a Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes. 

A obra, inaugurada em João Pessoa em 2008, foi uma das últimas grandes idealizações de Oscar Niemeyer.

A palestra foi conduzido pelo presidente da Câmara, vereador Marcos Vinícius (PSDB). Também compuseram mesa de trabalho o cônsul da Espanha, Jesus Zapata; a diretora geral da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, Marianne Góes Galdino; e a secretária municipal de Planejamento, Daniela Almeida Bandeira.

Ainda prestigiaram a apresentação os vereadores Bosquinho (PSC), Bispo José Luiz (PRB), Helena Holanda (PP) e Marcos Henriques (PT), além da vereadora licenciada, deputada estadual Eliza Virgínia (PSDB) e Fernando Milanez.

 “É uma satisfação ouvir sobre a história de Oscar Niemeyer, referência mundial na arquitetura que deixou seus traços marcantes na construção da Estação Cabo Branco”, destacou o vereador Milanez.

Paulo Niemeyer disse que Oscar Niemeyer foi um cidadão do mundo e aprendizado obrigatório nas escolas de Arquitetura do mundo inteiro, criando obras fantásticas em todo mundo, inclusive projetou a Estação Cabo Branco no ponto mais extremo do país.

Com a construção da Estação Cabo Branco, João Pessoa ganhou um espaço que aparece na lista das grandes obras desse expoente internacional do urbanismo”, falou. Para ele, o 'Polo do Cabo Branco' estará no roteiro das grandes obras de Oscar Niemeyer

Tive oportunidade de conviver e trabalhar com Oscar e pude observar que ele era um grande humanista que pensou Brasília com a finalidade de desenvolver toda aquela região. Brasília é a 'Meca' da arquitetura moderna. Oscar influencia a arquitetura em todo o mundo e deixou um grande legado. Podem gostar ou não, mas ninguém pode negar que nada foi visto antes das obras de Niemeyer”, falou.

O palestrante destacou que seu bisavô projetou o prédio da Organização das Nações Unidas (ONU) e revolucionou a Arquitetura e o urbanismo com pilotis, pavimentos livres e tarraços jardins.

O arquiteto ainda elogiou a orla da Capital paraibana por não existirem grandes espigões tendo preservado a circulação de ar na região. Para ele a cidade serve de exemplo para mundo em relação a qualidade de vida.

A maestrina do Coral Antônio Leite da CMJP, Socorro Estrela, e o preparador vocal e solista, Paulo Brasil, o Paulão, marcaram o evento com a execução do Hino Nacional e da canção “Ponta do Seixas”, da compositora paraibana Kátia de França.


Compartilhe on Google Plus

Escrito por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia